Uma patrulha de militares do Destacamento Territorial de Anadia da Guarda Nacional Republicana retirou, na tarde desta quarta-feira, 17 de junho, uma família de etnia cigana, que estava “alojada” numa propriedade privada situada nas proximidades de um hipermercado em Anadia.

Ao nosso jornal, o capitão Cláudio Lopes, comandante do Destacamento, referiu que se tratava de uma família «de cerca de dez pessoas que saiu ordeiramente das instalações». «Estamos a falar de uma propriedade privada e, portanto, a referida família não pode permanecer naquele local», disse.

O alerta ao «Bairrada Informação» foi dado por populares depois de assistirem a algum aparato policial junto ao Itinerário Complementar 2.

 

 

Imagem Google Maps