O confinamento causado pela covid-19 foi difícil para os amantes do ar livre, que começam agora a andar, correr e pedalar pelos trilhos de Portugal. Com o verão ainda tímido, este é o tempo perfeito para trocar as tardes de praia e ir à descoberta do que a natureza tem para oferecer.

É a altura ideal para desfrutar da natureza em estado puro através da “descoberta” dos “Caminhos da Região de Coimbra”, que se prolongam ao longo de uma rede de trilhos pedestres, desde pequenas rotas, perfeitas para se fazer num dia, às Grandes Rotas do Alva, Bussaco e Mondego, que proporcionam vários dias de caminhadas e experiências associadas.

A saúde e a segurança de todos são sempre a prioridade da Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra, por isso, para facilitar o acesso dos visitantes, as Grandes Rotas da Região de Coimbra já estão disponíveis no site http://www.visitregiaodecoimbra.pt, no Google Maps ou na aplicação Wikiloc – bit.ly/CaminhosdaRegiaodeCoimbra – onde os traçados podem ser visualizados offline sem receio de se perder na rota aventurando-se, desta forma, a percorrer as belezas naturais desta Região, desde a zona costeira e a paisagem gandaresa, ao vale do Mondego, passando pela extensa mancha florestal que culmina nas serras.

São 353 quilómetros de grandes rotas intermunicipais que sofreram um reforço das condições físicas de apoio à visitação para afirmar a Região de Coimbra como um destino turístico de excelência.

Os Caminhos da Região de Coimbra são uma nova rede de oferta turística e de valorização dos corredores de património natural da região, dinamizada pela CIM Região de Coimbra, financiada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

 

 

Fonte: Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra

Imagem com Direitos Reservados