O Município de Oliveira do Bairro entregou no passado dia 24 de abril, 400 viseiras de proteção às Juntas de Freguesia de Oiã, Palhaça e União das Freguesias de Bustos, Troviscal e Mamarrosa, para serem distribuídas pelos estabelecimentos de comércio tradicional.

A iniciativa surge, de acordo com Duarte Novo, Presidente da Câmara Municipal, na sequência dos “planos do governo de autorizar a reabertura de mais tipologias de comércio nas próximas semanas”.

Para o líder da autarquia de Oliveira do Bairro, “o comércio tradicional é extremamente importante para as nossas comunidades e para o desenvolvimento económico do Concelho, sendo necessário garantir que as pessoas se sentem seguras, enquanto comerciantes e clientes, com as medidas de proteção adequadas, ao mesmo tempo que evitamos a propagação da COVID-19”. 

Relativamente à Freguesia de Oliveira do Bairro, a Junta local já fez uma primeira distribuição, com viseiras doadas pelo Instituto Profissional da Bairrada.

Antecipando uma eventual necessidade de mais viseiras para o comércio local, Duarte Novo garante que a autarquia ainda tem mais unidades em stock e que “esta foi apenas a primeira entrega às Juntas que ainda não tinham este material”, referindo ainda que “continuamos atentos e disponíveis para fazer novas entregas às Juntas que necessitarem”.

Para os comerciantes do concelho que necessitem de viseiras de proteção, Duarte Novo aconselha a entrarem “em contacto com a sua Junta de Freguesia, que fará a ponte com a Câmara Municipal, caso não tenham mais unidades naquele momento”.

Por fim, o presidente da Câmara de Oliveira do Bairro quis deixar uma palavra de “esperança e de conforto” para todos os empresários do concelho, garantindo que “o Executivo Municipal está a trabalhar em soluções, dentro da nossa esfera de ação, que minimizem as graves consequências que a pandemia e a consequente paragem da economia está a provocar, a nível económico e social”.

 

 

Fonte: Município de Oliveira do Bairro