O Hospital de Aveiro lançou o repto e a Universidade de Aveiro (UA) respondeu de imediato, com a entrega de consumíveis indispensáveis para o combate ao COVID-19.

“Respondemos positivamente a um repto do Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV) que pediu a cedência de alguns materiais de proteção. A comunidade da UA respondeu de imediato e continua a ajudar e a estar disponível para ajudar no que for necessário”, aponta Artur Silva, Vice-Reitor da UA para a área da investigação, que garante ainda “a UA tem contribuído com tudo o que tem e pode” para ajudar o Hospital de Aveiro face ao novo coronavírus.

Ao pedido de entrega de material de proteção para o corpo clínico do Hospital de Aveiro, a Academia respondeu com a entrega das batas, máscaras e luvas armazenadas nos Departamentos de Química, de Biologia, de Ambiente, na Escola Superior de Saúde da UA e ECOMARE, assim como em diversas Unidades de Investigação (CESAM, CICECO, LAQV_REQUIMTE-Aveiro).

A Academia fez também chegar ao Hospital cerca de 120 litros de desinfetante preparado na própria Universidade. E mais podem ser preparados e entregues, se assim precisarem os clínicos de Aveiro, na luta contra o COVID-19 – uma luta em que todos temos o dever cívico de ajudar.

 

 

Fonte: Departamento de Assessoria e Comunicação da Universidade de Coimbra

Imagem: renateko (https://pixabay.com/pt)