A Câmara Municipal de Anadia está a promover, junto dos jardins de infância e das escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico (CEB) da rede pública do concelho, o Programa Municipal de Educação Ambiental “Médicos do Planeta”, com o intuito de alertar as crianças para as grandes questões e desafios em matéria de ambiente.

Este ano, as turmas do Pré-Escolar ao 3.º ano do 1.º CEB analisam a temática relativa aos “Resíduos e à Reciclagem”, enquanto que os alunos do 4.º ano do 1.º CEB desenvolvem o tema da “Poupança da água”. Com recurso a diversas ferramentas e materiais pedagógicos, os alunos são incentivados a debater os assuntos propostos, participando, no final, numa atividade lúdica de consolidação de conhecimentos.

Está ainda prevista uma ação de sensibilização pela Veterinária Municipal dedicada aos alunos dos 1.º e 2.º anos, subordinada ao tema “Animais de companhia e saúde ambiental”.

As ações, dinamizadas pelo Serviço de Ambiente do Município, decorrem até ao mês de abril, abrangendo um total de 15 turmas do pré-escolar e 43 turmas do 1.º CEB.

O programa pretende fomentar nas crianças o interesse pelas questões ambientais, tendo em consideração o seu papel promotor de comportamentos de defesa do meio ambiente junto da comunidade. O contexto escolar foi o escolhido para a realização desta ação por se tratar, inequivocamente, de um espaço privilegiado para inspirar nas crianças atitudes e hábitos de respeito pelo ambiente, preparando-as para se assumirem como agentes de mudança.

O vereador da Câmara Municipal de Anadia, com o Pelouro do Ambiente, Lino Pintado, salienta que a educação ambiental “tem sido uma aposta forte” do Município, em resposta “a um desafio permanente para a mudança de mentalidades e construção de um novo paradigma de estilo de vida, em harmonia com uma necessária sustentabilidade ambiental”.

O autarca sublinha que a educação ambiental das crianças “é especialmente importante para nós, merecendo ainda mais trabalho e atenção”. Adianta ainda que o projeto “Médicos do Planeta” está inserido num programa mais vasto de educação ambiental, “Anadia + Consciente”, onde se inclui a promoção e apoio ao programa Eco-Escolas, entre outras iniciativas, de onde destaca a Feira do Ambiente “Anadia + Verde”.

Lino Pintado sublinha que este projeto “poderá não produzir forte efeito no imediato, mas acreditamos muito que a política não se faz apenas com a espuma dos dias e que se devem construir pilares estruturantes para que o nosso caminho não seja travado ao primeiro obstáculo”, acrescentando que, neste caso, “a consciência ambiental é o alicerce a construir, tudo começa por aqui”.       

 

 

Fonte: Município de Anadia