Termina no próximo dia 18 de dezembro, o período de votação nos projetos finalistas do Orçamento Participativo do Município de Anadia (OPMA) 2019, a qual terá de ser efetuada, obrigatoriamente através da plataforma eletrónica https://anadiaparticipa.pt/.

São sete os projetos que se encontram em votação:

– “Construção de Moinho de Água no Parque Ecológico/Lazer”, em Vila Nova de Monsarros, no valor de 43.500,00€;

– “Requalificação do Parque Levira”, freguesia de São Lourenço do Bairro, com um valor de 47.169,55€;

– “Reabilitação do Parque Claudino Pinto”, em Avelãs de Caminho, orçado em 41.000,00€;

– “Moinho da Póvoa do Castelo”, em Sangalhos, no valor de 48.500,00€;

– “Reanimar Anadia”, de abrangência concelhia, no valor de 34.000,00€;

– “Miradouro do Ecoparque de Sangalhos”, orçado em 49.815,00€;

– “Património natural e cultural de Anadia”, que abrange as freguesias de Vila Nova de Monsarros, Moita, Arcos e Mogofores, num investimento de 9.186,43€.

Podem votar no OPMA todos os munícipes, residentes no concelho, com idade igual ou superior a 16 anos, sendo que os menores, com 16 ou 17 anos, necessitam de uma autorização dos pais. Cada eleitor terá direito a dois votos que deverá usar em projetos diferentes. Os munícipes que tenham mais dificuldades em votar podem recorrer aos serviços municipais (Biblioteca Municipal ou Curia Tecnoparque) para proceder à votação.

Para o ano de 2019, o OPMA está dotado de uma verba global de 250.000,00 euros para financiar os projetos mais votados pelos munícipes, sendo que o limite máximo de cada projeto apresentado é de 50.000,00 euros.

O OPMA visa promover a participação da população nas decisões estratégicas do município e na gestão de parte dos recursos públicos disponíveis, adequando as políticas públicas municipais às necessidades e expetativas das pessoas. Esta “nova” ferramenta permite que a população possa eleger os projetos de acordo com os seus interesses e necessidades diretas, procurando granjear uma governação mais próxima, centrada nas pessoas e nos seus problemas.

 

 

Fonte: Município de Anadia