A Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Aveiro, no dia 4 de dezembro, apreendeu oitenta e um quilos de berbigão vulgar, Cerastoderma edule, por captura ilegal, na Ria de Aveiro.

No âmbito de uma fiscalização destinada ao controlo do cumprimento das normas que regem a captura de moluscos bivalves na Ria de Aveiro, foi detetada uma embarcação a proceder à captura de berbigão em zona interdita.

Após a abordagem à embarcação, os militares verificaram que esta não estava registada e não possuía qualquer documentação ou licença de pesca, tendo sido apreendida juntamente com as artes e utensílios a bordo, dois ancinhos de mariscar, três potes em plástico e dois redenhos. 

Foram identificados dois homens de sessenta e sessenta e sete anos, e elaborados os respetivos autos de contraordenação por exercício da pesca em zona considerada interdita devido à presença de biotoxinas, cuja coima poderá chegar aos vinte e cinco mil euros, bem como pela falta de licença para a pesca profissional, cuja coima poderá ascender aos cinquenta mil euros.

Os bivalves, por ainda se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural.

 

 

Fonte: Unidade de Controlo Costeiro da Guarda Nacional Republicana