Teve início na manhã de hoje, dia 30 de maio, Quinta-feira da Ascensão ou Dia da Espiga, no centro da cidade de Anadia, a Feira Medieval, organizada pela Autarquia. Durante três dias, os visitantes são remetidos para “uma viagem no tempo até ao reinado de D. Dinis”, podendo até trajarem-se à época com vestes disponíveis no Centro Cultural.

Até sábado, dia 1 de junho, as Praças do Município e Visconde de Seabra, em Anadia, transformam-se numa Feira Medieval. Todo o centro da cidade e arruamentos em redor são o cenário privilegiado para as diversas atividades que preenchem o vasto programa do certame e que levarão os visitantes até ao reinado de D. Dinis, com enfoque para a Rainha Santa Isabel e os Caminhos de Santiago.

Hoje, feriado municipal, a abertura oficial, iniciou com um cortejo medieval, onde estiveram representadas todas as classes sociais da época (nobreza, clero e povo). Um cortejo onde participaram todos os artistas presentes e demais forasteiros, devidamente trajados.

Houve ainda arruadas musicais na “concorrida feira dedicada ao vinho, onde os comeres, os beberes e os artefatos da região aguardam pelos forasteiros, nos espaços (barraquinhas) entregues às Juntas de Freguesia, Instituições Particulares de Solidariedade Social, mercadores e artesãos”.

Durante todo o dia, com o prolongamento para a noite, decorrem cortejos, arruadas, recriações históricas, encenações, danças, trovas e exposições que garantem, assim, um dia bem preenchido.

Amanhã, sexta-feira, 31 de maio, o mercado reabre pelas 10 horas e o programa festivo regressa, durante toda a tarde, com torneios de armas, uma ceia e um teatro de fogo.

No sábado, último dia da Feira, as atividades são diversas. A par do mercado, dos comes e bebes, da dança e da música, estão ainda previstas dramatizações de acontecimentos dos finais do século XIII e início do século XIV, bem como combates com armas. O certame termina com espetáculo de fogo e efeitos especiais.

Os visitantes terão oportunidade de trajar “à época”, estando as vestimentas disponíveis, a título de empréstimo, no Centro Cultural de Anadia.

A Feira Medieval de Anadia, promovida pelo município anadiense, conta, nesta iniciativa, com diversas parcerias, nomeadamente, com as Juntas de Freguesia e IPSS concelhias.

As recriações históricas estarão a cargo das companhias Viv’Arte e Bombarda. Haverá ainda, durante os três dias, as participações de Strella do Dia, associação juvenil CIRAC, Sons da Suévia e Almedievo.

 

Imagem: Município de Anadia