Este ano na quinta edição do prémio instituído pela Delegação no Concelho da Mealhada da Cruz Vermelha Portuguesa, que visa distinguir uma pessoa ou instituição que se tenha salientado no trabalho de voluntariado no concelho da Mealhada, o galardão foi para Manuel Cardoso, de Casal Comba.

Em comunicado, a Cruz Vermelha Portuguesa, Delegação no Concelho da Mealhada, felicita “o senhor Manuel Lindo Cardoso, residente no lugar e freguesia de Casal Comba pela tão honrosa distinção”, que sucede a Jorge Semedo, o premiado em 2018.

Manuel Lindo Cardoso, autarca (presidente da Junta de Casal Comba 12 anos e no segundo mandato como tesoureiro), voluntário e presidente da direção do Centro Social da Freguesia de Casal Comba é, segundo alguns argumentos apresentados na candidatura, e que convenceram o júri, um homem solidário, generoso, altruísta e sensível.

O júri, este ano, é composto por Vítor Soares, presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Delegação do Concelho da Mealhada; Ana Henriques, responsável da área social da delegação; Guilherme Duarte, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada; Rosalina Nogueira, presidente da Junta de Freguesia da Pampilhosa; e Madalena Cerveira, representante da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental), a entidade convidada em 2019.

A cerimónia de entrega do prémio, está marcada para o próximo dia 12 de abril, na III Gala CVP +Perto, que marcará também os festejos dos quarenta anos da Delegação, onde serão também entregues os galardões “Prémio Henry Dunant”, “Prémio Voluntário +” e “Prémio Parceiro +”. A festa, que se realiza no Cineteatro Messias, prestará ainda uma homenagem a todos os presidentes da Delegação.