O Catrapim – Festival de Artes para Crianças valeu, na tarde de ontem, 17 de novembro, em Guimarães, ao Município da Mealhada, a conquista do prestigiado “Prémio UM-Cidades”, na categoria “Região Centro – Município com mais de 20.000 habitantes”, atribuído pela Plataforma UM-Cidades da Universidade do Minho, que viu neste evento cultural do Bussaco um projeto  de “valorização de boas práticas com impacto nas diferentes vertentes como o território, a economia e a sociedade, promovendo o crescimento, a inclusão e a sustentabilidade”.

Para além do Catrapim, estavam “na corrida” a este prémio, os municípios de Águeda, com APP Águeda Cityfy, o de Oliveira do Hospital com Plantar Árvores, Fazer Florestas e o do Seia com CineEco-Festival Internacional Ambiental       .

Recorde-se que esta foi a quinta edição dos Prémios Município do Ano e contou com cinquenta e seis candidaturas, estando nomeados projetos de trinta e cinco municípios para as nove categorias e para o grande prémio final.

Numa nota aos jornalistas, “o Município da Mealhada agradece a todos os que têm tornado possível o Catrapim, que vai já para a sua terceira edição (29 e 30 de junho de 2019).