A Câmara Municipal de Cantanhede vai assinalar o Centenário do Armistício da I Grande Guerra Mundial com várias ações que incluem uma evocação simbólica precisamente à mesma hora e na data em que se completam cem anos sobre a assinatura do acordo de paz firmado às 11 horas da manhã do dia 11 de novembro de 1918.

A celebração do Armistício começa às 10h 45m, com o desfile da Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede e da Banda Filarmónica Marialva de Cantanhede, até aos Paços do Município, onde, com representação de todas as freguesias, se procederá ao ato solene do hastear das bandeiras, seguido da deposição de uma coroa de flores.

O programa do período da manhã termina com a Missa na Igreja Matriz de Cantanhede, que será também de sufrágio por todos os soldados do concelho que participaram na 1.ª Grande Guerra

À tarde o ponto alto da efeméride é a apresentação editorial do livro “Da Guerra à Paz – O Concelho de Cantanhede na Primeira Guerra Mundial”, de Fernando Pais, no qual os 474 soldados do concelho de Cantanhede que participaram na Grande Guerra estão referenciados com notas biográficas sobre a sua origem, situação familiar e aspetos da sua condição militar nas frentes de batalha. A obra é editada pelo Município de Cantanhede para prestar homenagem a esses combatentes e terá apresentação editorial na Biblioteca Municipal, depois da inauguração da exposição “Ser Soldado – Da Guerra à Paz”, na Casa Municipal da Cultura, às 15h 30m, e da visita comentada à instalação “Trincheira Evocativa da 1.ª Grande Guerra – Rememorar 1914-1918”, junto ao Monumento dos Combatentes do Ultramar.

 

CELEBRAÇÃO DO CENTENÁRIO DO ARMISTÍCIO 1.ª Grande Guerra: 1918-2018

PROGRAMA

10h 45m – Desfile até aos Paços do Concelho: Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede e Banda Filarmónica Marialva de Cantanhede

11 horas – Hastear das Bandeiras e Deposição de Coroa de Flores

11h 30m – Missa de Sufrágio por todos os soldados do concelho que participaram na I Grande Guerra na Igreja Matriz de Cantanhede

15h 30m – Inauguração da exposição “SER SOLDADO – DA GUERRA À PAZ” Casa Municipal da Cultura:

– Visita comentada à instalação “TRINCHEIRA EVOCATIVA I GRANDE GUERRA – REMEMORAR 1914-1918” junto ao Monumento dos Combatentes do Ultramar

– Apresentação editorial do livro “DA GUERRA À PAZ – O CONCELHO DE CANTANHEDE NA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL” Biblioteca Municipal de Cantanhede

 

Fonte: Município de Cantanhede