A Câmara de Águeda disponibilizou ao Destacamento Territorial de Águeda da GNR seis cartões de utilizadores das beÁgueda (Bicicletas Elétricas de uso partilhado de Águeda), numa ação que pretende não só promover a utilização das bicicletas partilhadas como disponibilizar a esta força de segurança a fruição deste equipamento, na perspetiva de uma mobilidade mais sustentável.

Os militares, tanto do posto de Águeda como de Arrancada do Vouga, vão poder usar as bicicletas sempre que entenderem, nomeadamente nas suas deslocações diárias e em ações de patrulhamento, em todo o concelho.

“Esta é a uma ação que se enquadra na política estratégica do Município em promover os meios suaves de mobilidade e em concreto a utilização das beÁgueda, demonstrando que podem ser usadas em vários contextos e funcionalidades”, disse Edson Santos, vice-presidente da Câmara de Águeda.

“A partir de agora, vai ser possível ver os militares a circular na cidade de bicicleta em ações de patrulhamento, algo que servirá não só para realizar um policiamento de proximidade (que promove um efeito dissuasor de criminalidade) como para sensibilizar a população para a utilização dos meios suaves de mobilidade, ao verem o bom exemplo desta força de segurança a utilizar as beÁgueda”, lê-se num comunicado da Autarquia de Águeda, que acrescenta que, “segundo a GNR, a utilização das bicicletas elétricas permite, para além de tirar partido de um equipamento que a Câmara de Águeda disponibiliza, patrulhar zonas da cidade e concelho de uma forma mais eficaz”.