A Direcção Geral da Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense, concretizou recentemente o envio de mais um contentor de 40 pés para Cabo Verde, com destino à Câmara Municipal do Tarrafal de Santiago, para apoiar as famílias mais carenciadas daquele Município.

Graças à parceria estabelecida com o Município de Cantanhede e com a União de Freguesias de Cantanhede e Pocariça, que para além de doarem alguns bens, colaboraram na logística do carregamento do referido contentor.

Decorrente da parceria da Sociedade Columbófila com o Grupo Os Mosqueteiros, sedeado na zona industrial de Cantanhede, foi enviado para a Loja Social e para o Centro de Cuidados a Crianças e Adolescentes com Deficiência, que o Município do Tarrafal implementou na sede do concelho, uma quantidade de bens muito significativa, nomeadamente, louças sanitárias, mobiliário, brinquedos e louças domésticas, entre outros e provenientes da permanente colaboração daquele grupo.

Destaca-se também, a quantidade muito significativa de material escolar que seguiu neste “mega” contentor, que foi disponibilizado pelo Município de Cantanhede e que vai equipar alguns Jardim de Infância.

Para além deste material e da generosidade de algumas famílias, que se quiseram associar a esta iniciativa, a Sociedade Columbófila contou também com o apoio da União de Freguesias de Coimbra e também da ADAV-Associação de Defesa e Apoio da Vida, com quem tem vindo a manter uma estreita colaboração nos últimos meses, seguiram igualmente vestuário, calçado, têxtil para lar, material de apoio a bebés, diverso mobiliário sem uso anterior, livros escolares e infantis, bem como 6 cadeiras de rodas sem qualquer uso inicial, para o Centro Social da Graciosa Tarrafal, onde funciona o Projeto Escutista “Cuidar para Integrar”, doadas pela Fraternidade de Nuno Álvares-FEGA.

Lurdes Silva, Presidente da Direcção Geral, após cumpridas as formalidades exigidas pelo transitário agradeceu o contributo que todas as entidades e pessoas, tem dado ao projecto, referindo a generosidade do Município de Cantanhede, que desde o envio do primeiro contentor, tem garantido o enquadramento logístico da respectiva carga, permitindo dessa forma continuar a acalentar o “sonho” solidário, que a sua Associação está a desenvolver em Cabo Verde, continuando a permitir implementar esta cooperação de uma forma diferenciadora daquilo que se conhece em projectos idênticos.

 

 

Fonte: COLUMBÓFILA CANTANHEDENSE