A Câmara Municipal da Mealhada entregou, na manhã desta sexta-feira, 17 de julho, às corporações de bombeiros da Mealhada e da Pampilhosa. uma arma para eliminação da vespa velutina.

Esta arma é essencial para se conseguir eliminar ninhos de vespa asiática inacessíveis de outra forma. Através do sistema de ar comprimido, a arma permite atingir os ninhos com um tratamento químico capaz de causar a destruição dos ninhos e vespas. Ressalve-se que a metodologia usada pelo Município é capaz de destruir a vespa velutina, mas é considerada “amiga do ambiente”, sem químicos prejudiciais aos ecossistemas.

A autarquia já vinha aplicando este método de intervenção química, mas, muitas vezes, os ninhos estão de tal forma altos que nem com o apoio dos bombeiros são acessíveis.

O combate à vespa asiática já vem sendo feito há alguns anos através de um protocolo entre a autarquia e as corporações de Bombeiros da Mealhada e da Pampilhosa. Após a sinalização do ninho à Autarquia, cada corporação atua na sua área, procedendo à destruição do mesmo.

Em 2019 foram destruídos 202 ninhos de vespa asiática no concelho mealhadense, ao que se somam alguns que, não sendo de vespa velutina, também ofereciam perigo à população.

Este ano, foram destruídos 34 ninhos de vespa velutina.

 

 

Fonte: Município da Mealhada

Foto: Guilherme Duarte, vice-presidente da Câmara Municipal da Mealhada, ladeado por Nuno João, comandante dos Bombeiros Voluntários da Mealhada, e por Miguel Marques, segundo comandante dos Bombeiros Voluntários da Pampilhosa