O Município de Cantanhede tem vindo a realizar testes de rastreio ao novo Coronavírus, junto dos profissionais estão na primeira linha de contacto com os grupos de risco, na auxílio, assistência e segurança à população.

Este plano de ação prevê a concretização de testes de despiste a todos os funcionários das IPSS’s do concelho e os utentes destas instituições que sejam considerados pelo corpo técnico como prioritários, assim como aos profissionais e técnicos de saúde, corpo dos Bombeiros Voluntários, elementos da Guarda Nacional Republicana e colaboradores do município e INOVA-EM. Aquando da visita às IPSS’s está prevista a realização destes testes de rastreio aos executivos e funcionários de todas as juntas e uniões de freguesia do concelho.

A aquisição dos mais de 2000 testes surgiu após recomendação da ARS do Centro no seguimento do parecer positivo do Infarmed, sugerindo uma abordagem para realização de um rastreio combinado de testes serológicos para avaliarem as IgM e IgG + Teste de doseamento sanguíneo da PCR para análise da Proteína C Reactiva, cujos resultados devem ser interpretados com base num fluxograma criado pela ARS do Centro para o efeito.

Caso este primeiro rastreio seja positivo, seguir-se-á a necessária confirmação através da realização de testes de Biologia Molecular (Vulgo Zaragatoa- RP-PCR) nos laboratórios da Universidade de Coimbra, no espaço de 24h, no âmbito de um protocolo de colaboração que será celebrado entre a Universidade de Coimbra e a Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM).

Os encargos com a realização deste tipo de rastreio foram totalmente assumidos pelo município, surgindo como mais uma medida de mitigação ao SARS-COV-2/Covid-19, visando minimizar a propagação do vírus e acelerar o restabelecimento de condições para o bom funcionamento das instituições.

 

 

Fonte: Município de Cantanhede