No âmbito das medidas de prevenção para mitigar a propagação do Coronavírus (COVID – 19), está em curso no Município de Cantanhede desde 18 de março uma vasta operação de desinfeção de espaços públicos e áreas de acesso do concelho que registem maior afluência de pessoas. Destinada a eliminar potenciais focos de contágio, a iniciativa está a ser desenvolvida pela INOVA-EM e pelas juntas de freguesia, de acordo com um planeamento estabelecido em consonância com o Serviço Municipal de Proteção Civil, segundo as indicações da Direção Geral de Saúde.

São locais prioritários de desinfeção acessos e zonas envolventes de serviços de saúde, juntas de freguesia, IPSS, GNR, Bombeiros Voluntários, farmácias, instituições bancárias, caixas multibanco, serviços de correio, comércio alimentar e mercados diários, ecopontos, paragens de autocarro, praças de táxis e passeios de maior circulação de peões, bem como espaços públicos e respetivo mobiliário urbano (bancos, papeleiras, corrimãos, etc.).

O que se pretende é reforçar as condições de proteção da saúde pública face aos riscos de contaminação decorrentes do surto epidemiológico que atingiu o país, pelo que as ações de desinfeção dos locais definidos para o efeito vão ser repetidas considerando a regularidade recomendada para este género de situações.

Os produtos em aplicação não são tóxicos, mas recomenda-se que se evite o contacto com os olhos, a pele ou até o vestuário, sendo por isso aconselhável algum cuidado quando se circula nas zonas intervencionadas durante e logo após a operação de desinfeção, o que só deve acontecer por motivos de força maior nesta conjuntura em que é obrigação de todos permanecer em recolhimento domiciliário.

 

 

Fonte: Município de Cantanhede