A implementação da rede 5G será progressiva, e implicará um importante investimento em infraestruturas. Mas, que mudanças trará esta nova rede?

Atualmente convivem no mesmo “mercado” as redes 3G e 4G, já que existem muitas zonas o 4G não chegou ainda, por falta de infraestruturas que a suportem. O processo para chegar a uma implementação total da rede 5G, passa por primeiro fazer com que a rede 3G dê lugar à 4G nesses mesmos lugares.

As previsões estabelecem que será em 2023, que a rede 5G estará implementada quase na sua totalidade, ainda que, já se esteja a fazer testes para analisar a sua viabilidade, recursos que necessita e ainda as vantagens que nos pode oferecer.

A partir deste ano de 2020, já será possível ver como começará a estar disponível nas principais cidades da Europa e Estados Unidos.

No entanto, o “desaparecimento” da rede 3G ainda poderá estar longe, pois além da implementação progressiva de infraestruturas para a 4G e posteriormente 5G, ainda existem dispositivos móveis que a necessitam. 

No entanto, e voltando ao principal tema deste artigo, quais são as principais vantagens da rede 5G? Mencionámos algumas:

  1. Baixa latência.
  2. Aumento da velocidade da navegação até aos 10Gbps, permitindo fazer um dowload de um arquivo de 256Mb em 1 segundo.
  3. Reduz o consumo energético nos dispositos móveis até 90%.
  4. Permite o desenvolvimento de novas aplicações da Internet das Coisas.
  5. Maior controlo remoto de máquinas e dispositivos.

É evidente que a indústria pioneira da implementação da rede 5G é a dos telefones móveis, cujos os principais fabricantes têm trabalhado nisso, e apresentado modelos desenhados para operarem com banda larga 5G e tirar o máximo partido disso.

No entanto, esta melhoria de funcionalidades, permite amplicar o uso da tecnologia noutras indústrias. No Mobile World Congress de 2019, por exemplo, foi confirmado que era possível uma cirurgia ser digirida por um cirurgião a kilómetros de distância, graças a essa minima latência, e alta longitude da banda larga para a transmissão em direto, e com máxima qualidade.

Também favorece a implementação de cidades inteligentes mais eficientes e conectadas, onde tudo poderá estar comunicado e controlado sob comunicações 5G, com menores consumos energéticos e menores custos em relação aos apresentados atualmente.

A realidade aumentada e a realidade virtual também serão beneficiadas com as vantagens da 5G, e passarão a fazer parte do nosso dia a dia.

De momento apenas teremos de ir aguardando para que pelo menos, a rede 4G chegue a 100% do território, e comecemos todos a beneficiar do impacto que trará a rede 5G às nossas vidas.

 

 

Imagem: mohamed_hassan (https://pixabay.com/pt)