A Câmara Municipal da Mealhada proibiu a realização da feira de Santa Luzia, que habitualmente acontece todos os dias 5 e 19. Também o mercado da Pampilhosa está suspenso para que se evitem aglomerados de pessoas que potenciem a propagação da COVID-19. A Misericórdia da Mealhada suspendeu a feira semanal da Mealhada.

O encerramento destes vários espaços com potencial de aglomeração de pessoas é essencial como medida de prevenção e combate à infeção pelo novo Coronavírus COVID-19. Considerando as medidas de contingência recomendadas pelas autoridades competentes, o Município da Mealhada não permitirá a realização da feira de Santa Luzia, que se realizaria já na próxima semana (dia 19), recorrendo, para isso, à colaboração das autoridades policiais.

Também o mercado da Pampilhosa fica suspenso como medida preventiva. Em ambos os casos a proibição mantém-se por tempo indeterminado, até que seja feita nova avaliação da situação decorrente da pandemia de COVID-19.

A Santa Casa da Misericórdia da Mealhada já proibiu a realização da feira semanal, que acontece aos sábados, para já, por três semanas, sendo que a situação será reavaliada no final deste período.

A Autarquia da Mealhada, bem como a Santa Casa da Misericórdia, lamentam eventuais constrangimentos que esta situação possa causar, mas agradecem a colaboração de todos neste desiderato que é o combate à infeção existente, salvaguardando a segurança e a saúde de todos.

 

 

Fonte: Município da Mealhada

Fotografia de Arquivo