O Município da Mealhada subiu 252 posições no último Índice da Presença na Internet das Câmaras Municipais 2019 (IPIC), uma avaliação independente feita conjuntamente pelas universidades do Minho e das Nações Unidas. Em apenas três anos, a Mealhada subiu do 276.º para o 24.º lugar no ranking geral dos 308 municípios portugueses.

Nos primeiros 25 lugares do ranking da avaliação global dos websites dos municípios, no distrito de Aveiro, para além da Mealhada, figura apenas a Câmara de Vagos. E se o contexto for a CIM- Região de Coimbra, a acompanhar a Mealhada está apenas a Lousã.

A diferença entre os resultados obtidos em 2016 e os obtidos agora é assombrosa não só no ranking global como em cada um dos critérios avaliados individualmente. No critério “Conteúdos – Tipos e atualização”, a Mealhada obteve um 8.º lugar a nível nacional, o que lhe valeu uma menção honrosa, distinção atribuída às melhores 10 autarquias classificadas. Subiu 253 posições já que figurava, em 2016, na 261.ª posição do ranking geral.

Este critério avalia os conteúdos disponíveis nos websites das câmaras municipais no que respeita à existência de determinados conteúdos considerados importantes, bem como à atualidade desses conteúdos. Avalia desde a informação relativa à missão e à constituição da Câmara a informações diversas como o organograma, o horário e contactos. Avalia a informação acerca da história, geografia, coletividades, demografia, cultura, turismo, economia e heráldica do município, bem como a informação de gestão da autarquia, a informação sobre os serviços municipais, os instrumentos de gestão territorial e outras informações como editais, anúncios/ligação a concursos públicos, notícias, calendário de eventos, newsletter, legislação relevante, política de direitos de autor e responsabilidade de conteúdos e política de privacidade e segurança.

Nos restantes três critérios a evolução é também significativa. “Acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização” registou uma subida de 120 posições para figurar em 172.º lugar, “Serviços online” subiu 109 posições, situando-se em 33.º lugar e na “Participação” situa-se em 55.º lugar, subindo 119 posições. Em 2016 figurava na 276.ª posição.

Para o cálculo global do índice, são avaliados e classificados, por observação direta dos 308 websites das câmaras municipais, um conjunto de indicadores agrupados em quatro critérios: conteúdos: tipo e atualização; acessibilidade, navegabilidade e facilidade de utilização; serviços online; e participação.

O período de recolha e avaliação a que se reporta este estudo teve lugar entre os meses de novembro de 2018 e maio de 2019. Além da observação direta dos sítios web, a recolha de dados envolveu ainda o envio de mensagens de e-mail para os serviços municipais das câmaras, bem como para os respetivos presidente, vice-presidente e primeiro vereador da oposição dos 308 municípios.

O website da Câmara Municipal da Mealhada (www.cm-mealhada.pt) foi atualizado em 2016 e tem vindo regularmente a ser melhorado, sempre com o objetivo de se tornar mais acessível e facilitador para os munícipes. “É mais uma evidência do nosso trabalho de aproximação, através dos canais de comunicação, do Município aos munícipes e vice-versa”, refere Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada.

Recorde-se que o Índice da Presença na Internet das Câmaras Municipais é realizado pela Universidade do Minho, nomeadamente pelo Gávea – Observatório da Sociedade da Informação/Departamento de Sistemas de Informação, e pela Universidade das Nações Unidas, sob o patrocínio da Agência para a Modernização Administrativa.

 

Fonte: Município da Mealhada