O Alegre Hotel, situado no Luso, foi premiado, pelo segundo ano consecutivo, com o galardão europeu “Green Key”, da Associação Bandeira Azul Europeia. O prémio distingue unidades hoteleiras pelas suas boas práticas ambientais e pela defesa de comportamentos que estimulem o turismo sustentável.

 

O programa Green Key é um galardão internacional que promove o Turismo Sustentável, através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos, alojamentos locais, parques de campismo e restaurantes que implementam boas práticas ambientais e sociais, que valorizam a gestão ambiental nos seus estabelecimentos e que promovem a Educação Ambiental para a Sustentabilidade.

Este programa, desenvolvido pela Foundation for Environmental Education (FEE), está presente em 57 países e conta com uma rede de cerca de 3000 galardoados. Em 2019, em Portugal, foram reconhecidos 181 estabelecimentos, mais 54 do que em 2018, o que representa um crescimento relativo de 30%. Estes números colocam Portugal na 5ª posição, depois da Bélgica, que conta com 235 estabelecimentos galardoados, numa lista liderada pela Holanda, com 683 estabelecimentos Green Key.

Na edição de 2019, o destaque nacional vai para a Região do Algarve, onde se verifica um crescimento de 21 unidades, ou seja, mais 67% em relação a 2018. No entanto, a Região da Madeira continua a liderar no que diz respeito ao número de galardoados, pois em 2019 são 57 os estabelecimentos turísticos reconhecidos com este certificado internacional, ou seja, 31% do total nacional. A nível regional, à Madeira seguem-se o Algarve com 31, a Região Norte e Centro ambas com 28 galardoados, Lisboa e Vale do Tejo com 19, os Açores com 14 e o Alentejo com 4.

À semelhança do que se verifica noutros países que implementam o Programa Green Key, em Portugal a categoria com maior número de unidades reconhecidas é a dos Hotéis (125), seguem-se os Alojamentos Locais (21), os Turismos no Espaço Rural (19), os Restaurantes (10) e por último os Parques de Campismo (6).

O Turismo é das indústrias mais importantes a nível nacional e atravessa uma das fases de maior expansão, desempenhando um papel significativo no que diz respeito ao desenvolvimento sustentável. Assim, o crescimento do programa Green Key, tanto a nível nacional como internacional, enfatiza que as unidades turísticas, e os seus clientes, reconhecem e valorizam locais com Políticas e Práticas Ambientais definidas e que vão ao encontro dos objetivos do Programa Green Key.

 

Fonte: Associação Bandeira Azul da Europa

Imagem: Facebook “Alegre Hotel – Luso Bussaco – Portugal – 45 Min from Oporto Airport OPO”