São diversos os órgãos de comunicação social nacionais que estão a dar conta, esta segunda-feira, dia 15 de abril, de que um homem, de 22 anos, da zona da Mealhada, foi acusado pelo Ministério Público pela prática do crime de pedofilia.

Segundo a revista Sábado, online, o homem “usou durante vários meses perfis falsos com nomes femininos para abordar crianças através do Facebook”. “Uma das vítimas foi um menino, na altura com 12 anos, da Figueira da Foz, que foi vítima de abuso sexual no verão do ano passado”, escreve a mesma notícia, que acrescenta que “depois dos crimes, o homem ameaçou de morte o menor e a mãe – de forma a impedir que apresentassem queixa”.

O suspeito, que está em prisão preventiva, foi agora acusado pelo Ministério Público.

 

Imagem: Simon (pixabay.com)