Cerca de cento e cinquenta “Pais e Mães Natais”, de todas as idades, fizeram, na manhã de ontem, 16 de dezembro, um passeio de cicloturismo em Anadia. À volta do circuito pairou sempre no ar o “All together now”, lema da candidatura de Anadia a Cidade Europeia do Desporto em 2020.

O ponto de encontro, para uma “maratona” de cerca de dez quilómetros, foi a Praca da Juventude na cidade de Anadia. Vestidas a rigor, dos pés à cabeça, estavam Cátia Barreira, Maria Rocha e Nancy Cruz, de Vagos e Samel (Oliveira do Bairro). “Já tínhamos vindo a uma caminhada do ‘All together now’ e agora decidimos aventurarmo-nos num percurso de bicicleta”, confessaram, bem-dispostas, ao «Bairrada Informação», as três “Mães Natais”, cuja chuva não as travou de irem até à cidade de Anadia.

Antes da partida, o momento lúdico foi proporcionado pelo Grupo Coral da Bairrada. “Acho ótimo estas iniciativas de âmbito cultural e desportivo”, disse-nos Carlos Nora, de Anadia, acrescentando que o evento “ainda faz mais sentido”, tendo em conta a intenção do Município “de se tornar Cidade Europeia do Desporto”. “Estas iniciativas devem continuar e são de louvar”, concluiu, ao nosso jornal, logo após a partida dos cerca de cento e cinquenta ciclistas, todos envergando gorros de Pais Natais.

A “exigência” da organização era a de que os participantes se munissem de “bicicleta e capacete de proteção”, mas, na sua maioria, a indumentária foi mais além e a Praça, situada muito perto dos Paços do Município, transformou-se um autêntico rodopiar de bicicletas com espírito natalício.

“O evento, que, como já vem sendo habitual, encerra as atividades de mais uma edição do projeto ‘Dos 8 aos 80, tudo se movimenta’, volta a integrar o programa do ‘Natal em Anadia’”, lê-se num comunicado da Autarquia, antecedente à atividade, que acrescenta que “All together now”, o lema da Candidatura de Anadia a Cidade Europeia do Desporto em 2020, foi também o mote para este passeio que levou os Pais Natais a pedalarem cerca de dez quilómetros, num percurso maioritariamente plano e, por isso, acessível a participantes de todos os níveis de prática.

À chegada, no mesmo local do ponto da partida, os ciclistas tinham à sua espera o tradicional bolo-rei, onde não faltou música, que convidou “a uma celebração conjunta desta época festiva”.

 

Mónica Sofia Lopes