A cerimónia de entrega dos “Óscares” das curtas-metragens do projeto “ArtcomVida”, realizadas e protagonizadas pelos seniores de catorze instituições de solidariedade social do concelho de Anadia decorreu com toda a pompa e circunstância. O evento teve lugar, no passado dia 14 de novembro, no Cineteatro Anadia, tendo o filme “Um son(h)o de Maçã”, realizado pelo Centro Social, Recreativo e Cultural da Poutena, conquistado o “Óscar” de melhor filme.

O projeto, da responsabilidade da Rede Social de Anadia e previsto no seu Plano de Ação para 2018, foi desenvolvido ao longo dos últimos meses, com o apoio do Município de Anadia, e culminou agora com a exibição das curtas-metragens e a entrega dos galardões aos filmes premiados.

A Vereadora da Câmara Municipal de Anadia, com o Pelouro da Ação Social, Jennifer Pereira, deixou um agradecimento público a todas as Instituições pelos trabalhos apresentados. “Sem o vosso imenso trabalho e grande dedicação nada disto seria possível de levar por diante”, afirmou, acrescentando que “queremos ver estes sorrisos do vosso convívio, partilha e vivacidade”.

A autarca deixou também uma palavra de apreço e de agradecimento aos elementos do júri responsável pela escolha dos vencedores: Daniel Pinheiro, anadiense, que realiza documentários sobre a natureza, exibidos a nível internacional; Maria de Fátima Flores, aluna na Universidade Sénior da Curia; Teresa Silva,  funcionária da Câmara Municipal de Anadia, ligada a atividades com o público Sénior, nomeadamente através do projeto “Leituras sem Idades”; Hélder Filipe, diretor da companhia de teatro “Bater da Saudade”; Isabel Damatta e Florbela Queiroz, atrizes conceituadas que estiveram, recentemente a fazer um espetáculo em Anadia “Qua grande Caldeirada”. A Isabel Damatta é também docente numa Universidade Sénior.

Deixou também uma palavra de agradecimento à dupla de apresentadores, Sílvia Fernandes e Albano Jorge, ao grupo “Bater da Saudade” que animou a cerimónia com alguns momentos de boa disposição e à equipa técnica dos Serviços da Ação Social.

“ArtcomVida” tem como objetivos incentivar a produção de filmes, enquanto meio de expressão e comunicação individual e coletiva que promove o bem-estar, evidenciar os benefícios das práticas artísticas para a qualidade de vida dos seniores, promover a valorização social dos idosos mediante a divulgação e reconhecimento das obras produzidas perante a comunidade, e, ainda, favorecer e potenciar trocas de experiências e conhecimentos entre os participantes, bem como promover momentos de diversão e de convívio.

 

VENCEDORES ARTCOMVIDA 2018

– Melhor Filme: “Um son(h)o de Maçã” – Centro Social, Cultural e Recreativo da Poutena

– Melhor Ator Principal: David Pereira – “Um dia inesquecível” – Centro Social, Cultural e Recreativo de Avelãs de Cima

– Melhor Atriz Principal: Dalila Ribeiro – “Dalila, a Youtuber” – Associação Social de Avelãs de Caminho

– Melhor Ator Secundário: Jorge Manuel Rosa – “Memórias de um amor incondicional” – Misericórdia da Freguesia de Sangalhos

– Melhor Atriz Secundária: Maria Ernestina Carvalho – “A vida a rimar” – Centro de Apoio Social de Vila Nova de Monsarros

– Melhor Figurino: “A desfolhada” – Centro Social, Cultural e Recreativo da Pedralva

– Melhor Argumento: “O Jogo” – APPACDM de Anadia

– Melhor Banda Sonora: “Zombielar” – Centro Social e Cultural N.ª Sra. Do Ó de Aguim

 

Fonte: Município de Anadia