Realizou-se no passado dia 30 de março a assembleia geral ordinária da Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense e que serviu, para além de tratar de diversos assuntos de interesse para a coletividade da cidade de Cantanhede, apresentar o relatório e contas do ano transato. Ambos aprovados por unanimidade.

Francisco Ribeiro abriu a assembleia geral com a leitura da convocatória para este ato, dando de seguida a palavra à vice-presidente financeira, Patrícia Neves, que apresentou a os custos e proveitos do último ano e os respetivos movimentos contabilísticos de cada secção, referindo-se igualmente ao relatório de gerência, apresentando também detalhadamente o balanço financeiro de 2016. Após apresentação dos resultados, nomeadamente o total dos rendimentos e o total de gastos, concluiu-se, que fruto de uma gestão muito eficiente, mas sobretudo equilibrada, a diferença entre estes valores, gerou um saldo positivo, que premeia o esforço efectuado pelos dirigentes da Sociedade Columbófila.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Antes de submeter à apreciação dos associados o parecer do conselho fiscal, Francisco Ribeiro abriu espaço para o debate e esclarecimento de algumas questões, tendo falado Paulo Ferreira, cordenador técnico da secção de natação e Romeu Estarreja, dirigente da secção de columbofilia, que abordaram alguns assuntos específicos das suas modalidades.

Lurdes Silva, presidente da direção começou por se congratular com os resultados obtidos no último ano apresentando de seguida um conjunto bastante significativo de informações referentes às atividades desenvolvidas pela direção geral, centrando a sua intervenção nos resultados que as secções vão alcançando, agradecendo a todos que vão tornando possível continuar a desenvolver as diversas atividades levadas a cabo pela Sociedade Columbófila.

 

Fonte: Associação de Solidariedade Social Sociedade Columbófila Cantanhedense