O Comando Territorial de Coimbra da Guarda Nacional Republicana, através do Posto Territorial da Tocha, ontem, dia 22 de agosto, apreendeu mais de 900 artigos contrafeitos, no concelho de Cantanhede.

No âmbito de uma ação de fiscalização que visou o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos, os militares da Guarda detetaram e apreenderam 967 artigos contrafeitos, nomeadamente de roupa e calçado de diversas marcas.

Na sequência da ação foram identificados e constituídos arguidos três suspeitos, de 20, 47 e 51 anos, pelo crime de contrafação.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Cantanhede.

Em comunicado, enviado às redações, a Guarda Nacional Republicana relembra que “o objetivo principal deste tipo de ações é garantir o cumprimento dos direitos de propriedade industrial, visando essencialmente o combate à contrafação, ao uso ilegal de marca e à venda de artigos contrafeitos”.