A candidatura apresentada pelos municípios de Anadia, Oliveira do Bairro e Tábua para a dinamização do projeto da cultura em rede “Fora da Caixa”, no valor de cerca de 300 mil euros, foi aprovada pelo Programa Operacional Regional do Centro – Portugal 2020, sendo a mesma financiada a cem por cento pelos fundos comunitários.

«O “Fora da Caixa” visa a implementação de um projeto destinado à promoção, qualificação e valorização do património histórico, cultural e natural, material e imaterial, enquanto suporte de diferenciação e competitividade dos territórios, contribuindo para a alavancagem da atividade cultural e turística enquanto elemento fundamental da coesão social e económica, prevendo-se um projeto único e diferenciador», lê-se num comunicado de imprensa da Câmara de Anadia, que acrescenta que «a sua designação remete para um projeto ancorado na música, inusitado pela forma em como será implementado e divulgado, a dinamizar nos concelhos de Anadia, de Oliveira do Bairro e de Tábua, não se esgotando nos mesmos, com uma calendarização de doze meses, com eventos únicos em cada local e outros de caráter itinerante».

O Município de Anadia adianta ainda que o «“Fora da Caixa” acolhe um conjunto diversificado de atividades culturais, artísticas, lúdicas, turísticas e económicas, centradas em espetáculos musicais, desde a mais tradicional à mais contemporânea, que constituem uma parte importante da matriz histórica e identitária dos territórios e das populações que neles habitam e assume a multiculturalidade, enquanto fator de valorização e de diferenciação, pela diversidade e potencial que representa ao nível do estabelecimento de sinergias entre as comunidades intra e extra territórios».

A programação cultural centrar-se-á num conceito de itinerância com eventos inovadores envolvendo as associações locais e outros agentes que, devido à pandemia de COVID-19, viram a sua atividade bastante reduzida, criando oportunidades e alavancando o desenvolvimento económico e social dos territórios.

«A programação cultural aprovada será divulgada oportunamente», remata o Município.