Texto publicado pela Biblioteca Municipal da Mealhada na sua página de Facebook ao qual fazemos eco e transcrevemos na integra:

A Biblioteca Municipal da Mealhada, sendo porta-voz das muitas gerações que dela beneficiaram, manifesta sentido pesar pelo falecimento do Sr. José Lopes, deixando profunda solidariedade à sua esposa, filha e netos.

Hoje pode haver quem não acredite, mas houve um tempo em que a Internet era inacessível aos estudantes e as pesquisas não se faziam com motor de busca. Se hoje a Google ajuda, nesses tempos os estudantes da Mealhada beneficiavam de uma ótima biblioteca da Calouste Gulbenkian (enquanto não era construída a atual Biblioteca Municipal), que de pouco valeria se não tivesse, ainda, o Senhor José. Ele era o verdadeiro motor de busca, ajudando os leitores a encontrar o que precisavam, incentivando a ir mais longe, ajudando os jovens a serem mais críticos e arrojados. Sempre com uma palavra de simpatia e de ternura, ou a severidade que se impunha se o livro viesse atrasado ou deteriorado.

José Lopes Reis de Melo começou o seu serviço à Cultura e à Educação primeiro na Biblioteca Itinerante n.º 2 da Fundação Calouste Gulbenkian e, depois, quando a Fundação ofereceu o seu espólio ao Município da Mealhada foi o bibliotecário responsável durante a transição até ser há 16 anos, instalada no atual edifício da Biblioteca Municipal da Mealhada.

Muitos mealhadenses devem ao Sr. José Lopes muito mais do que um agradecimento, devem-lhe formação, devem-lhe o incentivo que os levou mais longe e que lhes deu melhor fruto com os instrumentos que muitos tinham e poucos aproveitaram.

 

Obrigado Senhor José.

 

 

Imagem com Direitos Reservados