“Stand-up” com Nilton, Eduardo Madeira e Bruno Nogueira; concertos de UHF, C4 Pedro, Fado ao Centro, Rita Guerra e Rouxinol Faduncho; peças de teatro nacionais “É tudo ao molho e Fé em Deus” e “Porta com porta”; teatro infantil  “Uma viagem encantada” e “O Feiticeiro de Oz”; e até um teatro para crianças “Um assunto mal cheiroso”. Está assim divulgada a programação do Cineteatro Messias, na Mealhada, para os últimos quatro meses de 2019. Uma programação que conta com o apoio do Rei dos Leitões, do Grande Hotel de Luso e da Sociedade das Águas de Luso e onde todos os artistas vêm à bilheteira, fazendo com que o investimento da Autarquia passe apenas pela manutenção e o normal funcionamento da referida sala de espetáculo.

“O trabalho excecional da equipa de comunicação e eventos, bem como o profissionalismo dos funcionários do Cineteatro Messias, permitem-nos apresentar, hoje, um programa recheado de espetáculos”. As palavras são de Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, que, na manhã desta quinta-feira, dia 18 de abril, em conferência de imprensa, enalteceu a programação que tanto pode interessar a bebés como a quem gosta de Fado.

“Tentamos zelar pela cultura e pela qualidade de vida das pessoas e zelar pela vida das pessoas não é só pensar em trabalho”, enfatizou o autarca, garantindo que o Cineteatro Messias tem “conseguido tirar as pessoas de casa”. “Temos tido sala cheia em praticamente todos eles e até repetição de espetáculos”, enalteceu, recordando que Fernando Mendes e António Raminhos encheram, cada um, duas vezes a sala, que conta com trezentos e sessenta e seis lugares.

A decorrer ainda a programação referente ao primeiro semestre de 2019, Rui Marqueiro disse ainda que o espetáculo de “Quim Roscas e Zeca Estacionâncio” esgotou na primeira semana, havendo uma lista de espera que dava para encher mais duas salas. “Só não o fazemos por impossibilidade dos artistas”, acrescentou.

“As pessoas têm-se manifestado com muito agrado pela programação ecléctica que temos tido”, disse ainda Rui Marqueiro que não tem dúvidas que a sala vai voltar a encher-se várias vezes, nos últimos meses do ano. “Os UHF fizeram a sua primeira apresentação pública num Baile de Finalistas da Secundária da Mealhada, o que me leva a crer que vai ser um momento extraordinário nesta casa”, explicou, justificando os três espetáculos de “stand-up comedy” com a declaração de que “rir faz bem à saúde”.

Os bilhetes atingem no máximo 15 euros, com o espectáculo de C4 Pedro a ser a exceção e a ter um custo de 20 euros cada. “São espetáculos que conseguimos ter cá à bilheteira, sem ‘cachet’”, referiu o autarca, elogiando os parceiros da programação. “O Rei dos Leitões é o nosso maior apoiante, que percebe a importância que tem com esta parceria”, disse, acrescentando que “a oportunidade devia ser aproveitada por muitos outros restaurantes, que nem aos emails nos respondem”.

E presente na conferência esteve Licínia Ferreira, do Rei dos Leitões – restaurante que oferece as refeições a todos os artistas e respetivos elementos do staff – que declarou ser “uma honra estarem associados a uma programação que nunca se tal viu no Cineteatro Messias”. A proprietária do espaço gastronómico que recentemente arrecadou o seu terceiro “Garfo de Ouro”, do Guia Boa Cama Boa Mesa, garantiu que “nos dias de espetáculo se nota afluência de pessoas vindas de fora do concelho”.

As reservas para os espetáculos de setembro a sezembro de 2019 já podem ser feitas, através dos contactos 231 209 870 e/ou teatromessias@cm-mealhada.pt. Mais informações devem ser pesquisadas em http://cineteatromessias.cm-mealhada.pt/.

 

Mónica Sofia Lopes

 

PROGRAMAÇÃO

Setembro

Dia 21 – Nilton (21h 30m)

Dia 28 – Um assunto mal cheiroso (16 horas)

 

Outubro

Dia 5 – Eduardo Madeira (21h 30m)

Dia 11 – UHF (21h 30m)

Dia 26 – Uma Viagem Encantada (16 horas)

 

Novembro

Dia 2 – É tudo ao molho e Fé em Deus (21h 30m)

Dia 9 – C4 Pedro (21h 30m)

Dia 16 – Bruno Nogueira (21h 30m)

Dia 23 – Porta com porta (21h 30m)

Dia 30 – Fado ao Centro (21h 30m)

 

Dezembro

Dia 7 – Rita Guerra (21h 30m)

Dia 14 – O Feiticeiro de Oz (16 horas)

Dia 21 – Rouxinol Faduncho (21h 30m)