O músico de Coimbra é o padrinho da Mesa da Bairrada ao Mondego no concurso televisivo da RTP “7 Maravilhas à Mesa”. A AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego enquanto promotor da mesa, que engloba sete elementos do património gastronómico e patrimonial, tem o prazer de apresentar André Sardet como padrinho desta candidatura, cuja votação está a decorrer e termina este domingo, dia 5.

“É com muito orgulho que sou padrinho da Mesa da Bairrada ao Mondego”, assegura André Sardet, que tem ligações familiares ao concelho de Cantanhede. “O leitão à Bairrada é o meu prato gastronómico favorito e traz-me à memória a minha infância”, nos Covões, terra de onde era originário o seu avô paterno e, assegura, “onde se come o melhor leitão da Bairrada”.

“Para mim é muito gratificante ver toda uma região unida em torno desta causa, por isso, também quis estar presente”, acrescenta André Sardet, por isso, o padrinho apela que as pessoas provem e aprovem o que de melhor tem este território da Mesa da Bairrada ao Mondego.

O músico de Coimbra começou a sua carreira há dezanove anos, entre seis álbuns, muitos espetáculos e muitas vitórias, André Sardet é hoje um nome unanimemente reconhecido pela crítica e pelo público no panorama musical português.

“Foi Feitiço”, “O Azul do Céu”, “Perto mais perto”, “Quando te falei de amor”, “Adivinha o quanto eu gosto de ti”, “O Amor Mata” e “Amor com Amor se paga” são algumas das músicas mais conhecidas de André Sardet que aos dez anos de carreira conseguiu convencer definitivamente o público português do seu talento com o álbum “Acústico”, gravado ao vivo no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra. Gravado em 2004, “Acústico” alcança o primeiro lugar do top de vendas nacional, onde permanece cinquenta e cinco semanas, doze das quais em primeiro lugar. Entre 2006 e 2007, ultrapassa as cento e cinquenta mil cópias vendidas e alcança o galardão de sétima platina.

Entretanto, o músico de Coimbra continua a gravar e a fazer concertos de Norte a Sul do país, contribuindo lado a lado com projetos de solidariedade e na luta pela consolidação da música portuguesa.

A Mesa da Bairrada ao Mondego é uma das quarenta e nove mesas pré-finalistas das “7 Maravilhas à Mesa”, concurso televisivo da RTP, e está a ser votada até 5 de agosto através do número 760 10 70 15 – custo por chamada de 0,60 euros + IVA. No mesmo dia, em Viseu, a mesa que reúne seis municípios da região centro vai saber se carimba o passaporte para a final, a realizar em Albufeira no dia 16 de setembro.

Cantanhede, Figueira da Foz, Mealhada, Mira, Montemor-o-Velho e Penacova sentaram-se à mesa com a AD ELO para apresentar a Mesa da Bairrada ao Mondego, onde estão presentes sete patrimónios: Sardinha na Telha (petiscos), Arroz (Carolino do Baixo Mondego) de Lampreia (peixe e mariscos), Leitão à Bairrada (carne e caça), Espumante Branco Bruto Marquês de Marialva Baga Blanc de Noir 2015 (espumantes), Vinho Tinto Marquês de Marialva Baga Reserva 2014 (tintos), Castelo de Montemor-o-Velho (património histórico, cultural e natural) e o Bussaco/Luso (experiências únicas).

 

Fonte: Mesa da Bairrada ao Mondego