“Arábia, um harém de histórias” é o enredo do Grémio Recreativo Escola de Samba Batuque para o Carnaval de 2019. Aprovado em assembleia geral, o tema tem como carnavalescos Jorge Pires e Margarida Ferreira.

Na sinopse pode ler-se que a escola de samba vai levar “para a avenida uma viagem fascinante pela arábia, pela sua cultura, pelas suas tradições e características, ao som da voz de Sherazade” (ver introdução da sinopse mais abaixo).

Na mesma assembleia foi ainda aprovado, por unanimidade, o relatório de gestão e contas da gerência, no exercício de junho a dezembro de 2017.

E houve ainda as entradas de Walter Santos e Marta Duque para vogais da direção, colmatando assim as saídas de Rui Alves e Sérgio Carvoeira, que pediram demissão.

 

Introdução da Sinopse:

Conta a Lenda que na Arábia, terra de mil contos, de mil e uma noites, de uma cultura vincada, de tradições que se prolongam pelos tempos, também conhecida por Península Arábica, situada a sudoeste da Ásia, caracterizada pela sua arquitetura, pelos seus grandiosos palácios, pelos seus mercados repletos de cor e fragrâncias, pelo cheiro a hortelã, pelos seus tecidos e inúmeras riquezas árabes, existiu um  sultão de seus nome Shariar, rei da Pérsia, que ao descobrir que a sua mulher é infiel e que dormia com um escravo cada vez que este viajava, decepcionado e furioso, mata a mulher e o escravo. E ficando convencido de que nenhuma mulher é digna de confiança, decide que desse momento em diante, casaria e dormiria com uma mulher virgem cada noite, mandando matá-la na manhã seguinte, assim não podia ser traído nunca mais (…)