Céu, Virgínia e Alice (irmãs «Caldeireiras»)

O «Grupo da Terceira Idade», conhecido pelo «Grupo das Caldeireiras», juntava todos os carnavais cerca de 50 participantes, maioritariamente da Póvoa da Mealhada, e que se destacavam pela alegria e diversão que estes seniores tinham na avenida.

«Ensaiávamos no antigo quartel dos Bombeiros da Mealhada e nos desfiles íamos todos a cantar e a dançar. Era uma alegria! Era só mesmo para quem gostava e nós gostávamos muito», conta Virgínia Santos Silva, sublinhando que «os primeiros “carnavais” em que participaram foram na Póvoa. Depois começámos a ir pela estrada abaixo até à Mealhada».

«Recordo-me das pipas de vinho (disponibilizadas pelas Caves Messias) espalhadas pelas ruas do desfile. Os homens estavam lá a beber e nos tirávamos-lhe a caneca e bebíamos um gole. Aquilo era rir, rir, sem parar. Éramos tão animados…», rematou, confessando que se o marido hoje fosse vivo «tenho ideia que ainda desfilávamos no Carnaval».

 

 

Imagem com Direitos Reservados