O executivo municipal de Anadia aprovou, por unanimidade, a proposta de atribuição de denominação a um arruamento na cidade de Anadia, que atravessa duas superfícies comerciais, perto de Vale Santo. Avenida de Monte Crasto foi a designação escolhida.

«Este troço não tinha nome atribuído e o próprio Intermarché já tinha colocado esta questão», referiu Maria Teresa Cardoso, presidente da Câmara de Anadia, acrescentando que foi solicitado parecer da Junta da União das Freguesias de Arcos e Mogofores e que, «de comum acordo, atribuímos o nome Avenida Monte Crasto».

Na reunião, que se realizou na manhã de 27 de março, foi ainda aprovado, também por unanimidade, a atribuição de um subsídio até aos 4.900 euros para o Agrupamento de Escolas de Anadia levar a cabo uma iniciativa que se realizará a 19 de abril. «O apoio será para custear umas t-shirts coloridas com os logos do Agrupamento, bem como a contratação de um drone, uma vez que a Câmara não tem nenhum e muito menos tem licenças para isso», referiu a presidente do Município de Anadia, explicando que, nessa semana, a Autarquia disponibilizará também apoio logístico para as atividades do Agrupamento.

O valor de cinco mil euros, mediante a apresentação de comprovativos de pagamento, foi, por sua vez, atribuído à Associação Clube da Serra da Nossa Senhora da Esperança, destinado a apoiar a realização do projeto de requalificação de um terreno localizado em Fontemanha. «Estamos a falar de um conjunto de pessoas que preservam a floresta, ocupam o espaço da Pré-escola de Fontemanha e têm feito algumas intervenções no próprio lugar. Agora, num terreno que lhes foi disponibilizado querem colocar umas mesinhas e uns banquinhos e pediram apoio à Junta e à Câmara para concretizarem este projeto», explicou Maria Teresa Cardoso, destacando que «são poucos, mas unidos e com vontade de fazer coisas pelo lugar de Fontemanha».

 

Mónica Sofia Lopes