A Câmara da Mealhada vai dinamizar uma série de iniciativas para assinalar o Dia da Mulher, dias 8 e 9 de março. As propostas são uma palestra e exposição sobre a ourivesaria tradicional feminina, uma visita guiada “pelos passos” de Amélia d’Orléans, na Mealhada, um workshop sobre o mundo do vinho, uma sessão de saúde e bem-estar e uma conversa com as autoras Cidália Vargas Pecegueiro e M. Margarida Pereira-Muller.

A palestra e exposição “A ourivesaria tradicional feminina como adereço ou atavio no traje feminino – 1830/1930” acontece na sexta-feira, dia 8 de março, pelas 10h00, na Biblioteca Municipal da Mealhada. Joaquim Correia, chefe do Setor de Turismo da Câmara Municipal da Mealhada, abordará o uso de peças de ourivesaria popular e das tradições ligadas com o ourar da Mulher de antanho, e o seu significado na vida das mulheres da 2ª metade do séc. XIX até, sensivelmente, à década de 30 do séc. XX. Será uma conversa sobre cultura popular tradicional.

Para as 11h00 está marcado o percurso “Mealhada com Amélia d’Orléans”, um momento para recordar uma das grandes mulheres da história, que teve algumas passagens pelo concelho da Mealhada, nos finais do séc. XIX e inícios do séc. XX. “Mealhada com Amélia d’Orléans” será um percurso feito de autocarro, onde se pretende apresentar os locais mais emblemáticos do concelho, os quais são referência e marco na história da vida da última rainha de Portugal. A visita terá início em frente ao Tribunal, na Mealhada, passará pela Estação da Pampilhosa local onde, em 1886, esta bela jovem vinda de França viu, pela primeira vez (ao vivo), o seu noivo, o Rei D. Carlos. De seguida ir-se-á para o Bussaco e terminará na Mealhada.

A tarde será dedicada ao bem-estar e a conversas com escritores. Às 15h00 tem início a sessão, organizada pela Universidade Sénior da Associação CADES – Cooperação Artística, Desportiva, Educativa e Social e desenvolvida pela psicóloga da clínica Naturalmed, Joana Pereira, que terá como tema “O Paradigma Mulher de Hoje e a Mulher de Antigamente: partilha de experiências e emoções”, propondo uma reflexão acerca do progresso ao nível de direitos humanos. O encontro é de entrada gratuita e aberta a toda a comunidade. O dia encerra com a Palavra de Autor – Ciclo de Conversas com Escritores, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal da Mealhada, desta vez, com a presença de Cidália Vargas Pecegueiro e de M. Margarida Pereira-Müller, que apresentarão o livro da sua autoria “Mulheres do meu país – Século XXI”.

Para dia 9 de março, na antiga destilaria do IVV, está marcado, a partir das 15h00, o workshop “A mulher e o mundo do Vinho”, com a enóloga Raquel Carvalho, convidando-se as mulheres a uma tertúlia sobre o vinho e o papel da mulher na sua representatividade na sociedade. Inclui ainda uma prova cega de vinhos.

A visita guiada e o workshop são atividades gratuitas, mas de inscrição obrigatória em turismo@cm-mealhada.pt ou através do telefone 231 281 372.