Realizou-se nos dias 25 e 26 de março, nos courts de relva sintética do clube escola de ténis de Cantanhede, o torneio de veteranos, prova oficial da Federação Portuguesa de Ténis de nível C, com a presença de quinze jogadores, distribuídos pelos escalões de +35 femininos, e +45, anos masculinos. O lusense Gonçalo Vieira venceu a prova de singulares e pares.

O escalão de + 45 anos masculinos foi dominado pelos jogadores da região de Aveiro, com o lusense Gonçalo Vieira (Luso Ténis Clube), n.º 236 do ranking nacional, a impor-se ao aveirense João Cunha (Grupo Desportivo e Cultural da Cires), cabeça de série n.º 1 e atual n.º 34, em duas partidas com os parciais de 7-5 e 6-2.

No difícil percurso até à final Gonçalo Vieira, venceu nos oitavos de final o jogador da casa Frederico Marques n.º 520, em três encontros com os parciais de 6-3, 6-7, com (7/5), e (10-5) no match tie break. Nos quartos de final venceu o amigo e um dos parceiros de treino o anadiense António Carrinho n.º 62, jogador do grupo desportivo e cultural da Cires, também em três encontros com os parciais de 1-6, 6-3 e (10-4), no match tie break.

Nas meias finais, Gonçalo Vieira venceu o conimbricense Mário Azevedo (Clube Escola de Ténis de Cantanhede), em duas partidas com os parciais de 6-2 e 6-1. Na outra meia final João Cunha venceu o Anadiense Carlos Neves, também jogador da formação com sede em Estarreja (Grupo Desportivo e Cultural da Cires), em dois sets com os parciais de 7-6, com (7/5) no tie break e 6-1.

Na prova de pares, a dupla Gonçalo Vieira e Carlos Neves venceu na final a equipa formada por João Cunha e António Carrinho, com os parciais de 7-6, com (7/4), no tie break, e 6-4.

Já nas meias finais, a dupla Vieira e Neves impôs um duplo 6-0 à formação do Clube Escola de Ténis de Cantanhede formada por Mário Azevedo e Ricardo Petim. Na outra meia final, a equipa Carrinho e Cunha venceu João Teixeira (Escola de Ténis da Maia) e Paulo Neto (Clube Escola de Ténis de Cantanhede) com um duplo 6-2.

As coimbricenses Teresa Gaivoto (Clube de Ténis de Coimbra) n.º 42 do ranking nacional e Raquel Ribeiro (Clube Escola de Ténis de Cantanhede) n.º 40, disputaram a final do escalão de + 35 anos femininos, tendo a vitoria sorrido a Teresa Gaivoto que venceu com os parciais de 6-2 e 6-1.

Nas meias finais, Teresa Gaivoto venceu a gaiense Fani Ribeiro nº 49 (Clube de Ténis de Gaia), em dois sets com os parciais de 6-2 e 6-3. Na outra meia final, Raquel Ribeiro venceu Sara Saraiva, do Clube Escola de Ténis de Cantanhede, em três encontros com os parciais de 7-5, 2-6 e (10-8) no match tie break.