O cantor, compositor, guitarrista e percussionista Paulo Andrade, conhecido por Pama, será o responsável pela primeira parte do espetáculo do internacional Dan Livingstone, que se realiza no Cineteatro Messias, na Mealhada, na próxima sexta-feira, dia 3 de março, a partir das 21h30. Ao «Bairrada Informação», o músico Pama garante subir ao palco «a solo para tocar essencialmente temas originais».

«Conheço algum do trabalho de Dan Livingstone e, por isso, quando o Cineteatro me fez a proposta para fazer a abertura do seu espetáculo, aceitei com muito gosto», refere Pama, desvendando que estará «a solo» e que tocará «um, dois covers, mas essencialmente serão tocados temas originais». «Gostava de contar com sala cheia, uma vez que vamos ter boa música. O Dan trará “indie country” e eu o meu rock», promete, ao nosso jornal, Pama.

O músico, de 40 anos, residente na Mealhada, está, neste momento, a preparar um EP, assim como aposta no projeto «This Fallen Curse», que tem com Paulo Martins. E tal, como aconteceu recentemente, será com esta banda que, em 2024, tencionam concorrer ao Festival da Canção.

Depois de dois meses mais calmos para preparação do EP, Pama – que é barbeiro de profissão – pretende «investir» nas redes sociais, confessando «já ter conteúdo na gaveta». «A minha profissão consome-me muito tempo, mas a parte musical necessita de redes sociais e de criação de conteúdo», afirma Paulo Andrade, que quando questionado se gostava de viver somente da música, não hesita: «Era mesmo isso que me fazia feliz».

Recordamos que Pama começou o seu percurso, aos doze anos, a tocar Viola de Arco no Colégio de Calvão, tendo aos 17 formado a sua primeira banda de “covers de rock”, intitulada «Fresh of Tap», onde passou por diversos bares na zona de Vagos. Depois de uma passagem por alguns grupos, em 2015, PAMA lança o seu primeiro álbum, intitulado «First», composto por uma dezena de temas, todas em língua inglesa. Para além de diversas outras participações que vai tendo, em 2018 tocou no palco principal da FESTAME – Feira do Município da Mealhada e, em 2022, na Feira de Artesanato e Gastronomia na mesma cidade.

Dan Livingsotne vem do Canadá e é conhecido pela «sua voz potente e expressiva». No espetáculo de sexta-feira transportará o público «para uma viagem no tempo, que passa pelo ragtime, swing, blues e pelo folk mais tradicional»

O espetáculo, para maiores de seis anos, tem um custo de oito euros e os bilhetes podem ser adquiridos / reservados em ticketline.sapo.pt; teatromessias@cm-mealhada.pt; ou 231 209 870.

 

Mónica Sofia Lopes