Está concluída a obra para a recolha de eletrodomésticos em fim de vida e outros artigos de grande porte (vulgarmente conhecidos como “monos” ou “monstros”) da freguesia da Pampilhosa e que frequentemente “aparecem” abandonados na via pública. Trata-se de uma edificação implementada numa propriedade doada à Freguesia, onde se encontrava uma casa em perigo de derrocada, e que o executivo da Junta, em articulação com o Município, pensou ser o local mais acessível para o efeito. Esta obra foi comparticipada pelo Município da Mealhada num valor de aproximadamente 13.000 euros.

“Com o intuito de dignificar o espaço e minimizar o impacto, decidiu-se criar, para o seu embelezamento, um mural com a utilização de pedaços de azulejos recolhidos nas antigas instalações das cerâmicas da freguesia, numa atitude de valorizar um património histórico que cresceu bastante no passado”, refere Rosalina Nogueira, presidente da Junta da Pampilhosa, garantindo que “o painel foi elaborado pela artista Tatiana Santos, que já conta com alguns trabalhos e prémios na zona de Coimbra”.

“É uma obra que achamos ser de grande utilidade, bastando que, para que a mesma possa contribuir para a resolução de um problema antigo, seja utilizada corretamente”, continua a autarca, apelando à população que “em definitivo, deixe de abandonar os ‘monos’ em locais inapropriados ou por caminhos vicinais, por vezes tendo muito mais trabalho a transportar esses artigos, pela calada da noite e até percorrendo vários quilómetros. Os cidadãos que o fazem terão certamente noção que é uma conduta errada, devendo até sentirem-se verdadeiros ‘fora-da-lei’, por isso tentam fazê-lo sem serem ‘apanhados’”.

Neste espaço, legalizado para o efeito, pode ser colocado todo o tipo de artigos de grande porte, eletrodomésticos, mobílias e similares, para tal basta contactar a Junta de Freguesia.

Pneus, restos de obras (cimento, tijolo, telhas, madeiras), inertes, produtos tóxicos, lixo doméstico, restos de comida ou resíduos sólidos urbanos são proibidos aqui e têm locais próprios para o seu encaminhamento.