A Santa Casa da Misericórdia da Mealhada pôs ao Serviço da comunidade, em articulação com a Segurança Social (SS), uma resposta que assegura aos trabalhadores dos setores essenciais, que têm de manter a sua atividade profissional de forma presencial, os serviços de Creche.

Segundo Bruno Peres, Diretor-Geral da SCMM, “disponibilizar aos trabalhadores essenciais uma resposta que lhes permita continuar a trabalhar e a cuidar de quem precisa é a nossa obrigação, até porque melhor do que ninguém sabemos o que é ter de assegurar, no terreno, trabalho essencial e cuidados àqueles que deles necessitam”.

“As pessoas querem trabalhar e ajudar no combate à pandemia, mas, para o fazerem, precisam de ter os cuidados com os seus filhos salvaguardados e nós estamos cá para ajudar em tudo o que pudermos. Não fazemos mais do que a nossa obrigação, enquanto instituição que tem no “cuidar do outro” a razão de ser da sua atividade”, frisa o responsável.

A Creche da SCMM já se encontra divulgada através da página eletrónica do ISS, I.P. (em http://www.seg-social.pt/apoio-social-a-populacao), sendo que o contacto dos pais trabalhadores essências é efetuado diretamente com a instituição, não passando pelo Centro Distrital da SS. Apenas poderão aceder à Creche, as crianças sob a responsabilidade dos trabalhadores em causa.

Os trabalhadores que precisarem de recorrer a este serviço devem utilizar os seguintes contactos: 231202055 e/ou casacrianca.atl@scmmealhada.pt.

 

 

Fonte: Santa Casa da Misericórdia da Mealhada

Imagem com Direitos Reservados