A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem com 32 anos de idade, sem ocupação profissional definida, fortemente indiciado pelo crime de homicídio qualificado, na forma tentada, do qual foi vítima familiar próximo, com 21 anos, na noite do passado sábado, num lugar da freguesia de Sangalhos (ver notícia em https://www.bairradainformacao.pt/2020/05/18/agressao-seguida-de-atropelamento-deixa-ferido-jovem-de-21-anos/).

Na sequência de uma discussão entre vários membros da mesma família, por motivos ainda não completamente esclarecidos, que gerou um clima de tensão entre todos, o suspeito entrou numa carrinha sua pertença e investiu violentamente sobre os progenitores e um irmão, acabando por esmagar este último contra um pilar em cimento.

Os ferimentos provocados na vítima foram gravíssimos, havendo mesmo necessidade de posteriormente, em ambiente hospitalar, lhe amputar um dos membros inferiores, sendo que apenas o socorro imediato, designadamente com recurso a garrote, evitou a morte da vítima por choque hipovolémico.

O suspeito colocou-se em fuga logo após a consumação dos factos criminosos, acabando por ser localizado na manhã de segunda-feira.

O detido foi presente às Autoridades Judiciárias competentes, para interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

 

 

Fonte: Polícia Judiciária