Álvaro Alves de Faria, poeta, escritor e jornalista brasileiro, com origens em Anadia, lançou, no passado dia 11 de outubro, no auditório da Biblioteca Municipal de Anadia, o seu mais recente livro “47 poemas femininos”, com a apresentação a cargo da professora e poetisa Leocádia Regalo.

Com mais de 50 livros editados no Brasil, foi distinguido, ao longo da sua carreira, com vários prémios literários, destacando-se, mais recentemente, em 2018, o Prémio Poesia e Liberdade Alceu Amoroso Lima, e em 2019, o Prémio de Poesia Guilherme de Almeida. Dedicou-se, por mais de 15 anos, à poesia de Portugal, onde tem 19 livros publicados.

Esta foi a segunda vez que o Município de Anadia deu espaço à divulgação da obra do ilustre poeta (a primeira foi em setembro de 2002, no Centro Cultural de Anadia), que, nunca esquecendo as suas origens, recorda e visita com frequência o concelho. O autor aproveitou, assim, a oportunidade para homenagear todos os seus familiares, mas, em especial, a sua mãe Lucília Alves Neves e suas tias: Hortense; Virgínia; Alda; Maria de Lurdes e Maria Rosa Alves Neves, que, em muito, contribuíram para a sua formação como homem e poeta.

Numa tarde repleta de recordações muitas foram as emoções, despertadas pela recitação de Cândida Ferreira de quatro poemas do livro “47 poemas femininos”, e pelos três fados que se fizeram ouvir pelas vozes de Manuel Flores e José Lopes, acompanhados à guitarra portuguesa por Carlos Antunes e à viola de fado por Francisco Carriço.

No final, muitos foram os autógrafos distribuídos a amigos e familiares presentes, e que não perderam a oportunidade de homenagear o poeta bem como a sua família.

 

 

Fonte: Município de Anadia