A Câmara Municipal de Anadia aprovou, na sua reunião do passado dia 17 de julho, a adenda ao protocolo de Condições de Contratação e Funcionamento das Equipas de Intervenção Permanente (EIP), a subscrever entre a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), o Município de Anadia e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA), que atualiza a remuneração base mensal dos bombeiros para 738,05 euros, correspondente ao nível 6 da tabela remuneratória aplicável à Administração Pública, sendo atualizável anualmente na mesma percentagem do aumento que se verificar para os salários dos trabalhadores da Administração Pública.

De recordar que o Município de Anadia comparticipa a AHBVA nos custos decorrentes da remuneração dos elementos que integram a EIP, atribuindo-lhe uma verba mensal correspondente a cinquenta por cento dos custos mensais resultantes dos vencimentos, subsídios de férias e de natal e respetivos encargos do pessoal contratado, cabendo à ANEPC suportar os restantes cinquenta por cento dos custos.

As EIP asseguram o socorro e a emergência na área do respetivo concelho. Os bombeiros que as integram são caracterizados por elevada especialização, com conhecimentos em valências diferenciadas, que lhes permitem dar resposta adequada nas diferentes missões, em ocorrências cada vez mais exigentes e complexas.

 

Fonte: Município de Anadia