No seguimento do programa Folk Ancas, em Anadia, realiza-se esta terça-feira, dia 9 de julho, pelas 22 horas, no Parque da AMIGA (Associação dos Amigos de Amoreira da Gândara), um ciclo de cinema intitulado “Cinema na Eira”, onde será apresentado um filme / documentário “Pelos Trilhos do Andarilho, de Rodrigo Lacerda, PT, 2011”, com produção e ideia original do Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra  (GEFAC).

 

Sinopse: Um documentário-viagem aos caminhos que Ernesto Veiga de Oliveira abriu e foi o vencedor do prémio etnografia no Cine-eco 2010. Em meados do século XX, uma equipa de etnógrafos assume a monumental tarefa de registar, descrever e inventariar as artes, técnicas e culturas em risco de extinção de um povo. O documentário é centrado na imagem de Ernesto Veiga de Oliveira, homem de inquestionável importância para a compreensão da cultura popular portuguesa que, munido de material de registo, parte a bordo de um dois cavalos e calcorreia um país esquecido. Um documentário-viagem, uma bibliografia. Sigamos aqui esse percurso, revisitando os espaços de Ernesto, desde a formação do Museu Nacional de Etnologia até aos usos da tradição nos dias de hoje.

O CINEMA NA EIRA é uma componente do FOLK ANCAS-Anadia e tem a curadoria do CineClub Bairrada. Para os entusiastas de cinema que acham que as noites de calor não combinam com salas fechadas, no FOLK ANCAS-Anadia teremos um pequeno ciclo de cinema ao ar livre. As sessões de cinema têm início pelas 22 horas e serão grátis.

 

Dentro da filosofia do FOLK ANCAS-Anadia, pretende-se com o cinema trazer a contemporaneidade à “ruralidade”, vivendo o território rural como um espaço de futuro.