O Intermarché da Mealhada forneceu cerca de setenta refeições, a famílias carenciadas do município, em dezembro passado. Uma iniciativa inserida num projeto nacional e que foi considerada a “maior ceia solidária de Natal”. Na Mealhada a iniciativa contou com o apoio da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa, que, no passado dia 11 de maio, recebeu do Intermarché da Mealhada um donativo de quinhentos euros.

Para Rita Ferreira, gerente do Intermarché da Mealhada e também do de Cantanhede, esta é uma prática do grupo Os Mosqueteiros. “Tentamos sempre fazer o nosso melhor em prol desta causas, como por exemplo, dar apoio nos incêndios e ajudar famílias carenciadas, tanto a nível local como nacional”, referiu, enaltecendo o facto “de fazer parte dum grupo de independentes, muito próximo do cliente”. “Neste caso em concreto, sabemos quais são as necessidades das associações porque estamos próximo delas”, concluiu.

Vítor Glória, presidente da Delegação no Concelho da Mealhada da Cruz Vermelha Portuguesa, agradeceu o apoio. “Aceitámos o desafio de participar na Ceia e assim contribuir para colmatar uma necessidade de um grupo social carenciado do concelho”. “Estes contributos são uma grande ajuda para a vida das Delegações. São essenciais!”, elogiou.

A doação insere-se na parceria que o Grupo Os Mosqueteiros – detentor em Portugal das insígnias Intermarché, Bricomarché e Roady – e a Cruz Vermelha Portuguesa estabeleceram, em dezembro do ano passado, para a realização da Ceia Solidária. O evento decorreu em sessenta e uma localidades portuguesas, de norte a sul do país, e proporcionou um donativo de trinta e três mil e quinhentos euros à instituição.

No concelho da Mealhada, o jantar decorreu Centro Recreativo Cultural e Desportivo do Travasso, numa perspectiva de centralidade municipal, “uma vez que foram os colaboradores da Cruz vermelha que trouxeram e levaram todas as pessoas a casa”. As famílias presentes foram escolhidas por serem  acompanhadas, ao longo do ano, pela Cruz Vermelha e também identificadas pela Ação Social da Câmara da Mealhada.

Recorde-se que esta foi a maior ceia solidária alguma vez realizada em território nacional. Ao todo, no mesmo dia, foram servidas refeições a mais de sete mil beneficiários da Cruz Vermelha Portuguesa.

 

Mónica Sofia Lopes