O Município da Mealhada recebe, nos próximos dias 5 e 6 de maio, os 1.ºs Jogos da Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Intelectual (ANDDI) Portugal, “uma espécie de jogos olímpicos”, que trarão ao concelho cerca de meio milhar de participantes de treze modalidades diferentes, que representam quarenta clubes/instituições provenientes do continente, Madeira e Açores.

Há dez anos que a ANDDI Portugal promove eventos no concelho da Mealhada e, por isso, na altura de escolher, onde seriam estes “1.ºs Jogos”, José Costa Pereira, presidente da Associação, não teve dúvidas. “Bastou um telefonema para Guilherme Duarte e, de imediato, nos deslocámos à Mealhada para esta organização”, começou por contar o dirigente, aquando da apresentação do evento, garantindo que “foi feita uma primeira análise e logo aí conseguimos perceber  que a Mealhada estaria em condições de receber qualquer modalidade”.

E são treze – andebol, aquáticas, atletismo, basquetebol, ciclismo, corfebol (modalidade mista do género de basquetebol), futebol 7, futsal, judo, orientação, parahóquei, remo indoor e ténis de mesa – as que se realizam nas Piscinas da Mealhada; Pavilhões de Ventosa do Bairro, Escola Básica 2,3 da Mealhada, Barcouço e o da Mealhada; Parque da Cidade; Campo de Futebol do Luso; e pista do Centro de Estágios do Luso. “Os Pavilhões deste Município dão para diversas modalidades e isso é muito bom para nós”, elogiou José Costa Pereira.

A orientação adaptada, por exemplo, que se realiza no sábado, a partir das 10h 30m, no Parque da Cidade da Mealhada, “está com uma forte adesão”, afirmou, na manhã de26 de abril, nos Paços do Município, o presidente da ANDDI Portugal, acrescentando que “o hóquei adaptado às pessoas com deficiência é também muito interessante”.

O patrocinador deste evento é a Alves Bandeira, cujo seu representante manifestou agrado “com o apoio do Município à ANDDI, nos últimos dez anos”, dando ainda “os parabéns à Associação pela ousadia de trazer estes jogos para Portugal”. “Foi com muito orgulho que recebemos este convite, que está na génese do que a nossa empresa gosta de apoiar”, enalteceu.

Na reta final da cerimónia, José Carlos Pereira disse ainda “não saber onde serão os jogos de 2019”, mas lançou o repto ao presidente da Câmara da Mealhada, de que “até 2021 vai ser desafiado a organizar, na Mealhada, um evento internacional de basquetebol associado ao atletismo”.

Rui Marqueiro, no imediato, respondeu: “Venha ‘ele’! Estamos cá para servir!”. Para o edil, “estes são eventos muito especiais, que nos tocam muito” e, por isso, “a Câmara apoiará no que conseguir, dentro das suas competências e disponibilidade”.

O evento, que se realiza daqui a uma semana na Mealhada, contará, e segundo conseguimos apurar, entre outros nomes, com a presença de Lenine Cunha, eleito o melhor atleta paralímpico do mundo.

 

Mónica Sofia Lopes