O grupo “ÁTOA” é a mais recente confirmação no cartaz da FESTAME. Dia 13 de junho, a banda de jovens e talentosos músicos de Évora, autora de sucessos como “Distância”, “Falar a Dois” e “Pouco de Sol”, sobe ao palco principal da Feira do Município da Mealhada cujo cartaz integra também Matias Damásio, Paulo Sousa, Be-dom, Rui Drumond, Pama, Rouxinol Faduncho… e ainda não fechou.

Os ÁTOA definem os seus espetáculos como sendo momentos de grande festa mas também de emoção. Na tour que estão a fazer desde o ano passado, em cada palco que pisam cantam os hits do álbum de estreia “Idade dos inquietos” – “Distância”, “Falar a Dois” e “Pouco de Sol” –, mas revivem outros que foram lançando durante o ano de 2016, como “A Cada Passo”, “Faz Mais, Vive Mais”, “Sei Lá” e o mais recente “Queria ser”, o primeiro single do segundo disco da banda, que foi lançado em setembro de 2017.

O grupo chama-se ÁTOA porque foi à toa que as coisas começaram a surgir para os quatro jovens, agora com dezanoveanos. Eram quatro amigos que apenas queriam cantar até que foram descobertos pela Universal Music Portugal, após terem vencido um desafio da plataforma online Tradiio.

O tema “Distância” já foi visto mais de 4,1 milhões de vezes no YouTube e chegou a número 1 do TNT – Todos No Top, da Rádio Comercial. O single de estreia “Falar a Dois” conta com quase dois milhões de visualizações e “A Cada Passo”, banda sonora da novela “Rainha das Flores”, da SIC, e “Ouro Verde”, da TVI, está prestes a atingir um milhão e meio de visualizações.

O grupo é composto por Guilherme Alface, na voz, guitarra elétrica e acústica, piano e ukelele; João Direitinho, na guitarra acústica e elétrica, voz e harmónica; Rodrigo Liaça, na bateria, voz e piano e Mário Monginho, no baixo e guitarra acústica.

A FESTAME – Feira do Município da Mealhada realiza-se de 8 a 16 de junho, no Complexo Desportivo da Mealhada e, apara além dos concertos, conta com a mostra de artesanato e exposição agrícola, comercial e industrial e setor de gastronomia (tasquinhas e street food).

Tal como nas edições anteriores, o acesso ao recinto é gratuito para que estes sejam dias de verdadeira festa e ponto de encontro entre mealhadenses e destes com a região.

 

Fonte: Município da Mealhada

Imagem: Facebook “ÁTOA”