Na última reunião do executivo municipal da Mealhada, os vereadores tomaram conhecimento de que poderá estar para breve a classificação, de vinte e seis exemplares isolados e quatro conjuntos arbóreos da Mata do Bussaco, a Arvoredo de Interesse Público.

“Este era um processo que estava a decorrer, desde 2012, e quando cheguei à Fundação, achei que era excessiva”, disse António Gravato, presidente da Fundação Bussaco, referindo-se ao requerimento, da classificação de oitenta e seis exemplares, no Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

“Em 2015 fomos visitados várias vezes pelo ICNF e o resultado final está próximo de ser homologado”, disse, garantindo que “o processo foi acompanhado de perto” por diversas entidades e que esta classificação “aumentará a visitação”. “Estamos a falar de árvores que terão tratamento referenciado”, concluiu António Gravato.

Texto de MSL

Imagem José Moura