Um acidente, na manhã de 26 de dezembro, no Itinerário Complementar (I.C.) 2, no Peneireiro, à entrada do concelho de Anadia, provocou um ferido grave, que foi transportado para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, com um traumatismo na cabeça. Ao início da tarde, e como se vê na imagem, ainda eram visíveis os destroços da ocorrência.

O alerta do embate foi dado para a corporação dos Bombeiros Voluntários de Anadia pelas 7h 40m. “Estamos a falar de um colisão entre uma viatura ligeira de mercadorias e um pesado, também de mercadorias, que provocou uma vítima grave, que teve que ser desencarcerada”, explicou Ana Matias, comandante da corporação anadiense, referindo-se ao condutor do veículo ligeiro, que foi transportado para os C.H.U.C.

No local, pertencente à União das Freguesias de Tamengos, Aguim e Óis do Bairro, estiveram uma viatura do Instituto Nacional de Emergência Médica (I.N.E.M.) do Corpo de Bombeiros de Anadia, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Coimbra e agentes da Brigada de Trânsito e do Posto Territorial de Anadia da Guarda Nacional Republicana.

Os Bombeiros Voluntários da Mealhada também estiveram presentes com um Veículo de Socorro e Assistência Táctico, uma vez que a corporação de Anadia tem a sua inoperacional, recorde-se depois do acidente que sofreu, na zona de Avelãs de Caminho, no passado dia 17 de dezembro.

Ao todo estiveram no rescaldo desta colisão treze operacionais.

Ao final da manhã, cerca das 11h 40m, também no concelho de Anadia, houve um incêndio urbano na zona de secagem de uma estufa de pintura, em Paredes do Bairro.

No local estiveram sete operacionais com um Veículo Urbano de Combate a Incêndios dos Bombeiros Voluntários de Anadia e ainda agentes do Posto de Anadia da G.N.R.

 

Mónica Sofia Lopes