O Município de Anadia, representado pelo seu vice-presidente, Jorge Sampaio, tomou posse, na manhã do passado dia 15 de dezembro, na presidência da Rota da Bairrada, continuando, assim, a liderar os destinos da Associação por mais três anos. No seu discurso, na cerimónia que decorreu na Estação da Curia, enfatizou o facto de estar a ser pensada, em conjunto com as diversas Confrarias da região, uma candidatura às “7 Maravilhas de Portugal®”, cujo tema em 2018 é o das “7 Maravilhas à Mesa®”.

A Associação da Rota da Bairrada, criada em 2006 “com apenas dezasseis associados”, tem agora sete dezenas. “O crescimento foi muito acentuado neste último mandato”, começou por dizer Jorge Sampaio, recordando que quando deram início à atividade “tiveram dificuldade em convencer os agentes”. “Hoje são ‘eles’ que vêm ter connosco. As pessoas sabem que existe uma Rota, sabem que existe uma região denominada de Bairrada”, continuou o presidente da direção.

O dirigente empossado garantiu que “a Bairrada é agora muito procurada e está implementada no país”. “Isto deve-se muito aos nossos agentes privados e à qualidade, cada vez maior, nos produtos que produzem”, continuou Jorge Sampaio, que estendeu os agradecimentos, do sucesso da Rota, à sua equipa de quatro funcionários, bem como à Comissão Vitivinícola da Bairrada.

Acerca dos Espaços da Curia e de Oliveira do Bairro, abertos ao público durante os sete dias da semana, o presidente da direção disse: “No Espaço da Curia em alguns meses homólogos a subida, de um ano para o outro, é de duzentos por cento. São Espaços que mostram a região e onde os turistas têm os produtos da Bairrada à disposição”.

DSC04670Para o triénio 2018-2020, Jorge Sampaio enumera alguns “eixos de trabalho”. “Vamos trabalhar em conjunto e mostrar uma região unida e, por isso, iremos, em parceria com as Confrarias da região, como a do Leitão, Rojões, Enófilos,…, proceder a uma candidatura às ‘7 Maravilhas à Mesa’”, disse, continuando o discurso para a segunda premissa: “A da qualificação e valorização da marca Bairrada. E, para isso, vai ser feito um ‘rebranding’ da marca. Queremos a certificação dos produtos e vinhos e impulsionar a certificação do Leitão da Bairrada, que tem que ser feita pelos agentes económicos”.

A aposta na formação dos agentes de enoturismo é outra premissa. “Queremos também incentivar os municípios à sinalização turística; continuaremos com a nossa Gala anual que, em 2018, será em Aveiro; e nos próximos três anos gostávamos de abrir mais dois Espaços: um é certo que será em Aveiro, mas o outro ainda estamos a estudar”, disse Jorge Sampaio, concluindo que “a Rota tem também que pensar na forma de aquisição de fundos para conseguir ir fazendo o seu trabalho”.

Consigo na direção, o Município de Anadia tem, na vice-presidência, as Caves de São João e como vogais o Hotel Paraíso, os Municípios da Mealhada e de Oliveira do Bairro, Quinta do Ortigão e o Restaurante Pedro dos Leitões.

Na presidência da mesa da assembleia-geral está o Município de Vagos e como secretários estão a Adega Cooperativa de Cantanhede e o Hotel Cabecinho. No Conselho Fiscal estão o Município de Águeda, as Caves Messias e a Quinta de Baixo.

 

Texto e fotografias de Mónica Sofia Lopes