Aquando da assinatura de um protocolo entre a Anadiplanta e a Fundação Bussaco, que fornecerá dez mil árvores para serem plantadas na Serra do Caramulo, António Gravato,  presidente da Fundação, apelou aos representantes dos Municípios de Tondela e Vouzela, bem como aos da Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, para que se “juntem” aos da Mealhada, Mortágua e Penacova, pertencentes à CIM – Região de Coimbra – nas estratégias de prevenção dos incêndios.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

“É impossível fazermos as coisas sozinhos e, por isso, os Municípios da Mealhada, Mortágua e Penacova, que têm incidência no perímetro do Bussaco, têm já um projeto de videovigilância intermunicipal feito, que esperamos que saia, em breve, do papel”, enfatizou o presidente da Fundação Bussaco, garantindo que “se a estes, se juntarem mais concelhos, todos terão a ganhar”.

 

Fotografia de José Moura