A partir desta sexta-feira, dia 8 de dezembro, e até ao próximo domingo, o palco do Cineteatro Municipal Messias, na Mealhada, recebe seis centenas de crianças das escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico do município mealhadense, que apresentarão “Era uma vez no Oceano”. Uma ação inserida na quarta edição das “Escolíadas Júnior”, um evento organizado pela Escolíadas – Associação Recreativa Cultural.

O projeto começou a ser “desenhado”, tal como nos anos anteriores, logo sem setembro, aquando do início do ano letivo. “Ao longo do primeiro período, todas as crianças e professores têm a oportunidade de fazer parte do processo criativo e da construção do espetáculo final”, começou por explicar, ao «Bairrada Informação», Mariana Sá, da Direção Artística e Produção das Escolíadas, acrescentando que “este projeto artístico, acontece em horário letivo”.

Assim, “profissionais de teatro, música e dança levam, semanalmente, aos alunos ferramentas de comunicação, criatividade, autonomia, contribuindo para o seu desenvolvimento biopsicossocial”, lê-se num documento de apresentação do evento.

Em 2017, o “Escolíadas Júnior” ganhou asas e “levantou” para novos voos. “Subordinado ao tema ‘oceano’, o trabalho aborda questões como o lixo marinho e a sensibilização para a mudança de hábitos de vida”, continua Mariana Sá, que garante que os espetáculos têm o apoio da ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental.Centro Escolar da Mealhada

As sessões serão divididas por seis espectáculos, que se realizam nos dias 8, 9 e 10 de Dezembro (diariamente, com sessões às 15h e às 17horas e por onde passarão “piratas, sereias, enguias, tubarões, náufragos, monstros e golfinhos…”.

Assim, na tarde do dia 8 de dezembro, subirão ao palco do Cineteatro Messias, os alunos do Centro Escolar da Pampilhosa. No dia seguinte, divididos por duas sessões atuam os alunos de Barcouço, Casal Comba, Antes e Luso. No domingo será a vez do Centro Escolar de Mealhada.

Este é um projeto desenvolvido pela Associação Escolíadas, em parceria com a Câmara Municipal da Mealhada e o Agrupamento de Escolas, e ao qual se associa também a Fundação Portugal Telecom, contribuindo, assim, “para o crescimento e expansão” do evento.

Encerrados os espetáculos do próximo fim-de-semana, e segundo conseguimos apurar, haverão novidades em redor do “Escolíadas Glicínias Plaza”, um programa que junta escolas secundárias de vários concelhos da região Centro, numa competição onde as artes são o ponto alto.

 

Mónica Sofia Lopes

Imagens: Facebook “Escolíadas.Júnior”