Crianças, jovens, pais, avós e população fizeram uma autêntica moldura humana para receber o Pai Natal (acompanhado da Mãe Natal), na tarde de 25 de novembro, na cidade de Anadia. Uma parada, protagonizada pelo mais famoso habitante do Pólo Norte que, acompanhado pela sua comitiva de renas, duendes e outras figuras associadas ao imaginário do Natal, percorreu as principais artérias da capital do Município.

Avenida Eng. Cancella de Abreu, Largo Dr. António Costa Almeida, Alameda Poeta Cavador, Avenida das Laranjeiras (até à rotunda dos Bombeiros Voluntários), Rua Júlio Maia, Praça Visconde de Seabra, Rua Fausto Sampaio (galerias comerciais), Rua Alexandre Seabra e Praça do Município foram os locais de passagem do Pai Natal, que arrastou consigo uma multidão.

António Gonçalves, de seis anos, residente num município vizinho, soube que o Pai Natal ia estar em Anadia e não quis perder o momento. Ao «Bairrada Informação», lamentou, contudo, não lhe ter trazido uma prenda. “Tinha intenção de lhe trazer chocolates ou um perfume, mas a minha avó não conseguiu passar no supermercado antes de virmos para aqui”, disse, explicando-nos: “O Pai Natal dá prendas a toda a gente e não recebe nada… estou triste por não lhe ter trazido nada”.

A comitiva mais famosa de Anadia, na tarde de ontem, distribuiu acenos, abraços e beijos por todos aqueles que se juntaram à festa. Fotografias e vídeos fizeram o delírio de miúdos e graúdos. Segundo nota do Município, este foi “o primeiro evento do extenso programa ‘Natal em Anadia’, que animará o concelho até ao Dia de Reis”.

É que “para além das tardes infantis e de espetáculos musicais e teatrais a realizar no Espaço Anatália (instalado na Praça Visconde de Seabra, no centro da cidade), o programa conta com a já habitual Pista de Gelo, no Parque Urbano de Anadia, animação de rua e iluminação de Natal”.

Há ainda um Mercadinho de Natal, na Praça da Juventude, e um sorteio de Natal realizado em colaboração com a Associação Comercial e Industrial da Bairrada e os comerciantes locais.

Este ano, a praça em frente aos Paços do Concelho tem ainda uma novidade: a gigante árvore de Natal “‘Anadia Capital do Espumante’, única no país, com oito metros de altura e feita com três mil garrafas de espumante”.

O programa termina no dia 6 de janeiro, no Cineteatro Anadia, pelas 21h 30m, com o tradicional Concerto de Ano Novo e Reis, interpretado pela Orquestra Filarmonia das Beiras.

 

Texto de Mónica Sofia Lopes

Galeria de fotografias em https://www.facebook.com/bairradainformacao/